Polí­tica

Foto: Heber Fidelis

A desembargadora Jacqueline Adorno tomou posse na presidência do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO) para o biênio 2013/2015. A solenidade aconteceu na noite desta sexta-feira (28), no auditório do TRE-TO, ocasião em que foram escolhidos os demais membros da mesa diretora para o referido biênio.

A vice-presidência do Tribunal ficará a cargo do desembargador Marco Antony Villas Boas, que acumulará ainda, as funções de corregedor Regional Eleitoral e diretor da Escola Judiciária Eleitoral (EJE). Já o vice-corregedor será o juiz José Ribamar Mendes Júnior. O ouvidor eleitoral será o juiz Zacarias Leonardo e o diretor-executivo da EJE será o juiz federal Waldemar Cláudio de Carvalho.

Em seu discurso de posse a desembargadora Jacqueline Adorno destacou que o momento é de agradecimento e que encara a eleição para a presidência do TRE-TO como um desafio. “A Justiça Eleitoral tem se consolidado ao longo dos anos, com a construção de sedes próprias e com pessoal qualificado. A JE tem um futuro promissor. Dias melhores virão. Redobra a minha responsabilidade de buscar melhoria contínua”, disse.

Em seu discurso de encerramento de biênio, o desembargador Marco Villas Boas fez uma retrospectiva das principais ações da gestão, como a realização das eleições, o avanço tecnológico, a construção de 11 novos cartórios e o lançamento da pedra fundamental para a construção de mais cinco sedes próprias da JE.

Villas Boas também destacou a certificação da secretaria Judiciária com a ISO 9:001 e o certificado do Programa de Gestão da Qualidade da Justiça Eleitoral, concedida ao TRE pelo TSE.

“Penso que essas contribuições são históricas. Não é obra de apenas um gestor. É uma partilha. Desejo boas-vindas e todo o sucesso à presidente, desembargadora Jacqueline Adorno de La Cruz Barbosa.

O desembargador José de Moura Filho que se despediu da função de vice-presidente da corte eleitoral agradeceu a todos pelo companheirismo e destacou seus trabalhos frente do Tribunal.