Estado

Foto: Divulgação

A Associação Tocantinense de Municípios (ATM) promete fazer grande protesto contra o cenário de crise econômica que os municípios têm enfrentado, de forma ordeira e bem humorada. O protesto que vai envolver prefeitos de todas as regiões do Estado, acontece nesta quarta-feira, 3 de julho, às 10 horas, na BR-153, em frente ao Posto Chapadão, no trecho que corta a cidade de Paraíso do Tocantins.

De acordo com o presidente da ATM, prefeito de Almas, Leonardo Sette Cintra (PSDB), as dificuldades por que passam os municípios, serão representadas através de um teatro de rua que será feito pelo Grupo Arte Sacra, de Palmas. “Será uma forma bem humorada de mostrar uma situação dramática”, pontua.

Bonecos que estão sendo confeccionados e atores vão protagonizar cenas engraçadas de peregrinação à Brasília. “De pires nas mãos, vamos atrás de benefícios que deveriam vir naturalmente”, enfatiza Leonardo.

Gravidade

Leonardo Cintra enfatiza que o manifesto vai mostrar mais uma vez a gravidade da situação insustentável dos 125 municípios tocantinenses que são mantidos pelo FPM e reivindicar providências urgentes por parte do Governo Federal.

“Os prefeitos têm tentando atender as crescentes demandas dos cidadãos, no entanto, não há como viabilizá-las sem recursos, pois eles continuam concentrados nas  mãos da União”, explica  Leonardo Cintra

Reivindicações

Durante a manifestação, serão apresentadas propostas ao Governo Federal e a ATM apresentará também, levantamentos que traduzem a precariedade da economia dos municípios. “A situação é tão grave que muitos prefeitos já anunciam demissões nos próximos meses em muitos municípios”, alerta o Presidente da ATM.