Polí­tica

Foto: Divulgação

A bancada federal do Tocantins, sob coordenação do senador Vicentinho Alves (PR/TO), definiu, em reunião realizada nesta quarta, 03, as cinco emendas que serão enviadas à Lei de Diretrizes Orçamentárias/2014 (LDO). Conforme definição dos deputados e senadores uma das emendas é para aConstrução da Ponte de Porto Nacional.

A emenda apresentada integra a ação de apoio a projetos de desenvolvimento sustentável e economia solidária. A construção da Ponte sobre o rio Tocantins assegura condições para que a continuidade do crescimento econômico e social da região de influência de Porto Nacional não sofra obstáculos pela precariedade da estrutura atual da ponte que, conforme relatório do Governo do Tocantins, não possui mais condições de tráfego. Perícias técnicas comprovaram que a atual estrutura, construída em 1979, está comprometida pela alcalinidade, que deteriora materiais da ponte e isso compromete o tráfego no local.

Duplicação da BR 153 no Tocantins

 A bancada também incluiu na lista de pleitos à LDO a duplicação de todo o trecho da Rodovia Belém-Brasília no Tocantins.  

 BR 010

 Os deputados e senadores também acordaram entendimento pelo envio de emenda que inclui a retomada das obras na BR 010, no trecho que compreende a cidade de Aparecida do Rio Negro (TO) até a divisa com o estado do Maranhão.

Construção da Ponte de Xambioá

 Com a construção da obra, o trânsito na região, que é feito através de balsas e prejudica a fluidez do elevado tráfego de veículos que circula na região, permitir-se-á a conexão direta entre as regiões Norte e Noroeste do Tocantins à região Sudeste do Pará.

Construção de Viaduto na BR 153 - Araguaína

 A bancada ainda pleiteia a construção de um viaduto com passarela de pedestres sobre a Belém-Brasília, ligando o setor Entroncamento ao setor Vila Piauí, através da Av. Cônego João Lima.

Por força constitucional, o Congresso Nacional não pode entrar em recesso sem a votação da LDO.

O Sindicato dos Trabalhadores nos Correios informou o sequestro de dois funcionários dos correios da cidade de Arapoema, norte do Tocantins. Segundo o Sindicato a Agência na cidade amanheceu totalmente aberta e  os funcionários sequestrados na noite de ontem até agora não apareceram.

“Não temos nenhuma informação nenhuma até agora”, informou o presidente do Sindicato José Aparecido Rufino. Segundo o presidente, os servidores teriam sido sequestrados em casa e levados para a agência para abrirem o cofre. O desaparecimento dos funcionários só foi detectado na manhã de hoje.  

“Pedimos apoio a todos no sentido de localizarmos esses Trabalhadores que se encontra nas mãos dos Sequestradores”, pediu o Sindicato.