Polí­tica

Foto: Divulgação

O prefeito de Gurupi, Laurez Moreira (PSB) participou do movimento que reuniu 89 prefeitos de todas as regiões do Estado do Tocantins bloquearam nesta quarta-feira (03/07), durante duas horas, a BR-153 em Paraíso do Tocantins, em protesto contra a crise financeira que os municípios estão enfrentando.  

Coordenados pela Associação Tocantinense de Municípios (ATM), os gestores municipais ocuparam a rodovia, pedindo reposição imediata das perdas do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e redistribuição do bolo tributário. A carência de recursos, o excesso de encargos e o comprometimento da receita com pagamentos de dívidas, como o parcelamento do INSS, por exemplo, são citados pelos prefeitos manifestantes, como grande gargalo na administração municipal. “Não podemos mais continuar administrando os nossos municípios, com tantos encargos e tão pouca verba”, afirmou Leonardo Sette Cintra, prefeito de Almas e presidente da ATM. 

“Com tantos encargos que a Prefeitura tem que arcar e com a redução dos recursos fica quase inviável realizar as ações e serviços que a população de nossa cidade tanto precisa. É necessário que o Governo Federal receba e atenda aos nossos pedidos porque, caso contrário, vamos ficar sem condições de administrar”, declarou o prefeito Laurez, que participou do movimento acompanhado do Chefe de Gabinete, Gutierres Torquato, e do secretário de Comunicação, Núbio Brito. 

BR-153

Ao longo do trecho da BR-153, uma quilométrica fila de veículos se formou em função do impedimento do tráfego pacificamente. Prefeitos distribuíram um panfleto explicativo do movimento e pediam a compreensão dos motoristas e caminhoneiros. Policiais Militares e Rodoviários Federais, além do Corpo de Bombeiros deram cobertura ao manifesto dos prefeitos. (Secom Gurupi)