Saúde

Foto: Divulgação

Ações emergenciais como a locação de cinco novas ambulâncias para atender a demanda no município foram destacadas pelo prefeito de Palmas, Carlos Amastha e pelo secretário de Saúde, Nicolau Esteves durante coletiva à imprensa concedida na tarde desta quinta-feira, 11.

As ambulâncias chegam a Capital nesta sexta-feira, 12, e em conjunto com as outras três ambulâncias que estão em funcionamento, atenderão a demanda enquanto as demais unidades passam por reforma completa, que contará com troca de peças e recuperação dos equipamentos. “Nosso objetivo é garantir que a população não fique sem o atendimento que é essencial. Estamos trabalhando para implantar políticas públicas que coloquem Palmas em um novo patamar na área”, destacou o Prefeito.

Na ocasião, Nicolau Esteves esclareceu que há um atraso no repasse de recursos do Governo Estadual para urgência e emergência de mais de R$ 3 milhões. “Os investimentos na área são tripartite, sendo 50% do Governo Federal, 25% da prefeitura e 25% do Governo do Estado. Com esse atraso a prefeitura está atuando para arcar com os custos, porém deixo claro que já estamos em contato direto com a secretária Vanda Paiva que nos garantiu que essa questão será solucionada o mais rápido possível”.

O secretário ainda esclareceu que 90 % dos prestadores de serviços e fornecedores estão com pagamento em dia. “Com isso não teremos mais atrasos na entrega de exames e insumos”. Nicolau ainda ressaltou que foi formada uma comissão para levantamento de todo o estoque nas unidades e postos de saúde. “Vamos ter o controle dos materiais que temos em estoque e da quantidade necessária para os próximos meses, para que até a finalização do processo licitatório não tenhamos problema com falta desses produtos”.

Quanto às demandas dos servidores que atuam no SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), o Secretário destacou que se reuniu com os profissionais e que se comprometeu em realizar um estudo de impacto para verificar a possibilidade de contemplar os servidores com gratificação e insalubridade.

Mais Médicos

Ainda na coletiva, Nicolau ressaltou que Palmas está entre as 50 primeiras cidades a aderir ao programa federal “Mais Médicos para o Brasil”, lançado no início desta semana pela presidente Dilma Rousseff.

“Atualmente contamos com cerca de 30 equipes do Programa de Saúde da Família e apresentamos pleito para mais 15 equipes, sendo mais 20 médicos, além da construção de mais de 10 unidades de saúde e a reforma e adequação de todos os postos de saúde e unidades”, informou o Secretário. (Com informações da Secom Palmas)