Polí­tica

Foto: Divulgação

A direção estadual do Partido dos Trabalhadores finalizou o ciclo de reuniões realizado na região sudeste do Estado neste domingo, 14, no município de Almas. Durante os encontros organizados com dirigentes petistas e aliados no interior foram divulgados os critérios para participação no Processo de Eleições Diretas (PED) do partido, que acontece em novembro de 2013, e a reforma política. Foram realizadas reuniões nos municípios de Dianópolis, Rio da Conceição, Porto Alegre e Almas.

Para o Presidente Estadual do PT, Donizeti Nogueira, a desqualificação e mercantilização da política, e a forte interferência do poder econômico nos processos eleitorais motivou as críticas aos partidos políticos durante as manifestações em todo Brasil e também no Tocantins “atualmente observamos que o financiamento eleitoral privado proporciona aos candidatos do poder econômico a contratação desmedida de pessoas para trabalhar nas eleições, vivemos hoje a legalização da compra de votos” apontou Nogueira que defende o financiamento público de campanha e uma constituinte específica para a reforma política no país.

Para o Coordenador da macrorregional sudeste I do PT, o Vereador de Dianópolis Tuca do Ferro Velho, estas atividades de debate e formação política “são espaços importantes para que a população da região possa debater sobre a conjuntura política Estadual e local” disse o Vereador que ainda destacou “o PT é um partido democrático onde os filiados podem escolher de forma direta os presidentes municipal, estadual e nacional”.

Saúde

Durante as reuniões o Secretário Municipal de Saúde de Palmas, Nicolau Esteves, destacou a importância do Programa Mais Médico, anunciado pelo Ministério da Saúde, e que visa reduzir o déficit de profissionais desta área em todo o país. O programa do Governo Federal prevê a abertura de edital para contratação de médicos para todos os municípios brasileiros, e também de estrangeiros para as vagas não preenchidas “a população que vive no interior precisa ter acesso a saúde e a médicos capacitados para realizar o primeiro atendimento, sobretudo, para atuar nas unidades básicas de saúde na prevenção de doenças e no tratamento de enfermidades” apontou Esteves.

No Brasil, segundo levantamento do Conselho Federal de Medicina (CFM) realizado em 2012, existe no país uma proporção de 1,8 médicos para cada mil habitantes, enquanto na vizinha Argentina a proporção é de 3,2, na Espanha e em Portugal 4 e na Inglaterra 2,7 médicos para cada mil habitantes, portanto, a carência de médicos no Brasil atualmente é um dos entraves a oferta de um serviço de saúde com maior qualidade para a população.  

Seca na Região Sudeste

O ex-prefeito de Dianópolis, José Salomão, ressaltou que a conclusão do projeto de irrigação Manuel Alves, que teve início em 2001, e de responsabilidade do Governo do Estado “é fundamental para que a região sudeste deixe a condição de corredor da miséria e passe a ser o corredor da esperança gerando mais qualidade de vida e autonomia para a população local” defende Salomão.

O projeto Manuel Alves prevê o fornecimento de sistema de irrigação para a produção de frutas, grãos e outros produtos pelos agricultores familiares que vivem nos municípios da região sudeste do Tocantins, atingida por secas periódicas durante o ano.

Mulheres

A Superintendente da Mulher Direitos Humanos e Equidade de Palmas, Gleidy Braga, defendeu a participação das mulheres no processo político como protagonista e destacou “a divisão dos trabalhos domésticos e cuidados com os filhos, historicamente delegados as mulheres, precisam ser compartilhados para que as mulheres possam dispor de tempo para participar da militância política e desta forma poder interferir objetivamente no processo” apontou Braga.

O partido dos trabalhadores deliberou durante o IV Congresso Nacional do partido a paridade de gênero para os cargos de direção municipal, estadual e nacional do PT a partir do PED 2013.