Palmas

Foto: Divulgação

O contrato da prefeitura com a empresa Terra Clean ainda não foi publicado no Diário Oficial mas o secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Marcílio Ávila garantiu ao Conexão Tocantins que toda a documentação e cópia da contratação será entregue á imprensa nesta sexta-feira, 19, quando acontecerá uma entrevista coletiva às 6 horas da amanhã. “Vamos mostrar amanhã os equipamentos que a empresa tem para fazer a vistoria e eles tem até segunda-feira para que a coleta seja normalizada. Acho esse um prazo racional que a prefeitura tem que dar”, salientou. O prefeito Carlos Amastha (PP) estará presente para averiguar os equipamentos.

A intenção da prefeitura é verificar todos os equipamentos da empresa para executar o serviço mas a Terra Clean terá até a segunda-feira, 22, para normalizar a coleta que não tem sido feita em todas as quadras, segundo a prefeitura, porque a empresa está ainda se familiarizando com a rota. “Amanhã vamos ver se a empresa tem capacidade ou não”, disse o secretário sobre a estrutura exigida para a execução do serviço.

A empresa tem até o final da tarde de hoje para encaminhar um novo atestado de capacidade técnica além de apresentar o responsável técnico pela execução do serviço, o contrato primitivo e as alterações no seu contrato social.
A recisão contratual não está descartada caso a documentação não seja disponibilizada. “Se isso não acontecer vamos tomar as  medidas que tenham que ser tomadas e dentro elas está tirar a empresa do serviço. Para a contratação de uma nova empresa apenas com determinação judicial”, afirmou.

Questionado se a prefeitura não teria que averiguar antes a capacidade técnica da empresa o secretário frisou que a Terra Clean era a única que aceitou o serviço no mesmo valor que a Litucera fazia. “Só contratamos porque era a única no valor de R$ 1.1500.000 por mês”, afirmou.

O contrato no valor total de R$ 6.897.960,00 por seis meses, foi assinado no dia 11 de julho, quatro dias antes da Terra Clean começar a executar o serviço.  e a Terra Clean entrou em operação na cidade a partir da última segunda-feira.