Polí­cia

A Polícia Civil, por intermédio da Delegacia de Polícia de Arraias, autuou em flagrante, na quarta-feira, 17, pela prática de estupro, o médico Gildo Soares de Asevedo, que estava de plantão no Hospital daquela cidade.

Segundo a vítima, ela se encontrava internada no hospital quando, por volta de 17 horas, Gildo a teria convidado para a sala de repouso médico para assistir televisão e nesse local ele a teria estuprado. Após esse fato, a vítima telefonou para a mãe dela, que foi ao local e acionou a Polícia Militar.

Posteriormente, conforme o delegado Emilce de Paula e Souza, a vítima foi conduzida ao IML de Natividade para exame de conjunção carnal. O referido médico encontra-se recolhido na Cadeia Pública de Arraias.

A secretaria Estadual da Saúde afastou o médico das atividades. Já o Conselho Regional de Medicina ainda não foi notificado sobre o episódio