Polí­cia

Foto: Divulgação

A Polícia Civil, por intermédio da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa – DHPP, elucidou, na manhã desta sexta-feira, 19, o crime de homicídio do qual foi vítima a jovem Raylane Kelly Santana Sousa. A adolescente de apenas 15 anos de idade estava desaparecida desde o dia 24 de Abril de 2012.

De acordo com o delegado titular da Homicídios, João Sérgio Vasconcelos Kenupp, a Polícia Civil recebeu uma denúncia anônima de que uma jovem havia sido estuprada, assassinada e teve o corpo enterrado em um local próximo a uma área de proteção ambiental na região norte da capital. A denúncia apontava ainda como autores do crime, os irmãos Jéferson Bispo dos Santos de 22 anos e Gustavo Bispo dos Santos de 19 anos.

De posse dessas informações, o delegado Kennup e sua equipe de investigadores, deslocaram-se até a Quadra 307 Norte, local onde residem os acusados pelo crime. Após algumas buscas, os irmãos foram encontrados e quando confrontados com as acusações dos crimes que pesavam contra eles, acabaram confessando a autoria da empreitada criminosa tendo inclusive auxiliado a polícia, apontando o local exato onde haviam enterrado o corpo da jovem Raylane.

Depois de algum tempo de escavações no terreno apontado pelos irmãos, as equipes de busca localizaram a ossada e as vestimentas da vítima que agora serão submetidos a exames periciais para determinar sua identidade. Parentes de Raylane, que acompanhavam os trabalhos, reconheceram com sendo da jovem desaparecida, as roupas encontradas.

Em depoimento à autoridade policial, Jeferson contou que havia conhecido e começado a namorar a vítima em uma festa em Palmas. Alguns dias depois o jovem foi avisado por seu irmão Gustavo de que Raylane havia acabado de entrar em uma kitnet na companhia de dois rapazes de nomes Thiago e Fabiano. Imediatamente Jeferson partiu paro o local e ao encontrar a namorada teve uma crise de ciúmes.

Segundo apontaram as investigações policiais, dentro da kitinet, Raylane foi estuprada pelos quatro jovens, no entanto, por volta da 3h00 da madrugada, Jeferson teria ficado com ciúmes de ver sua namorada com os outros jovens e a chamou para irem embora.

A jovem seguiu o namorado e o irmão deste e, em um matagal, Jeferson utilizando-se de uma faca desferiu seis golpes que atingiram Raylane na altura do pescoço e peito o que ocasionou sua morte. Após o crime, segundo a PC, os irmãos enterraram o corpo da vítima e seguiram suas vidas como se nada tivesse acontecido.

Jéferson, e Gustavo Bispo dos Santos foram indiciados pelos crimes de homicídio qualificado, ocultação de cadáver e estupro. O delegado João Sérgio representou junto ao Poder Judiciário, pela prisão preventiva de ambos, no entanto o pedido foi negado pelo Juiz e, portanto, os acusados responderão pelos crimes em liberdade.

A Polícia Civil dará prosseguimento às investigações no sentido de localizar Fabiano e Thiago, os dois outros envolvidos no crime. Para o delegado João Sérgio esse é mais um caso solucionado satisfatoriamente onde a Polícia Civil cumpriu seu dever de trazer a tona a verdade dos fatos, “Com empenho e dedicação de nossa equipe de investigadores, conseguimos elucidar mais esse violento crime que chocou a cidade pela maneira cruel como foi executado contra uma adolescente de apenas 15 anos de idade”, ressaltou o delegado.(Com informações da Polícia Civil)