Turismo & Lazer

Foto: Marcio Vieira/ATN


Pelas praias de água cristalina e areia branca, pelo clima e pelo alto astral dos frequentadores, a ecopraia da Tartaruga, localizada na cidade de Peixe, a 310 km de Palmas, no sul do Estado, é um dos destinos favoritos de turistas de várias regiões do Brasil. São quase 226 mil metros quadrados de águas e areias muito bem servidas em termos de infraestrutura.

A ilha da Tartaruga acolhe milhares de turistas que vêm todos os anos para curtir as belezas da praia. A expectativa é que 100 mil pessoas visitem o local nesta temporada e desfrutem da maior estrutura já vista, que conta sete restaurantes grandes, 16 lanchonetes, panificadora, dois palcos, área de esporte, Centro de Atendimento ao Turista, seis barracas institucionais, uma barraca de recepção.

A estrutura foi montada graças a uma parceria entre o Governo do Estado, Sebrae e a Prefeitura de Peixe. “Para nós está sendo uma satisfação muito grande essa parceria com o Governo, através da Adtur. Com o aumento da estrutura a cada ano a expectativa é maior, queremos superar o número de turistas e não sair da classe A”, afirmou a prefeita da cidade, Neila Ribeiro.

Vista privilegiada

Quem chega à ecopraia da Tartaruga é recebido com uma vista privilegiada do píer, de onde saem os 26 barcos e três balsas que levam os turistas para a ilha. Pela travessia é cobrado o valor de R$ 20 por pessoa aos finais de semana e R$ 10 em dias normais. Mas antes da travessia, o turista tem que desembolsar R$ 10 para pagar o estacionamento (no caso de carro) e R$ 5 (no caso de moto).  De acordo com informações da Prefeitura de Peixe, todo o dinheiro arrecadado é revertido para o pagamento de shows e na estrutura da praia. Além disso, 45% do que é arrecadado com a travessia é pago aos barqueiros, através da Associação de Barqueiros de Peixe.

Ao chegar à ilha, o turista se depara com as areias brancas e limpas. A água tem temperatura agradável e leva milhares a se refrescarem nas águas do rio Tocantins. Caso queira acampar, o turista pode aproveitar a estrutura da área de camping com cerca de 1.000m2, sem custos para os acampados. A estrutura montada na praia ainda oferece um minimercado, cinema, biblioteca, brinquedoteca, cyber, e até uma rádio com programação que vai desde utilidade pública até as musicas mais tocadas. Internet sem fio também é disponível gratuitamente, a telefonia móvel  OI e TIM também estão à disposição dos turistas e frequentadores. 

Turistas aprovam

O advogado aposentado Jose Luiz da Silva veio de Brasília com mais 24 pessoas para conhecer a ecopraia da Tartaruga e se diz impressionado com tanta beleza. “É um dos lugares mais lindos que já vi. Como ainda não conhecia praia de rio fiquei impressionado com a beleza natural e também com a estrutura que é oferecida. Eu não imaginava que fosse tudo isso.”, disse.

O empresário Cláudio Crespo também veio de longe para aproveitar as belezas do rio Tocantins.  Do Rio de Janeiro, ele trouxe os sobrinhos para conferir de perto o que a famosa praia da Tartaruga oferece. “Vim em 2010 e agora trouxe mais parentes para conhecer essa maravilha. O lugar é lindo, a segurança é reforçada, a estrutura é ótima e a limpeza nem se fala, só temos que aproveitar”, afirmou. 

Animação

Na praia, o final da tarde chega com um belo pôr do sol no rio Tocantins. Junto com ele, visitantes de vários cantos aproveitam para se divertir em jets skys, kayaks e lanchas. À noite os turistas são animados por shows regionais e nacionais. Cantores como Léo Santana, Murilo e Muriel e a banda Forró Agarradinho já passaram pela paia. Somente no último final de semana cerca de 28 mil pessoas badalaram as areias da Tartaruga ao som do cantor Tomate.

Os bares e restaurantes oferecem cardápios variados, como o famoso peixe frito com porções de diferentes preços. As barracas também oferecem a opção de prato feito com preços variando entre R$ 8 a 10 reais e no self-service o preço depende do consumo do turista.

De acordo com a barraqueira Joelma Coelho de Oliveira, que é conhecida pela famosa Moqueca de Surubim, a qualidade no atendimento e a diversidade no cardápio são pontos fortes da praia. “Só nesse final de semana vendi 32 quilos de filé de peixe, isso sem falar na Moqueca de Surubim, que é minha especialidade. Tem turista que vem especialmente para comer na minha barraca e o lucro é garantido”, destacou.

Acesso

A cidade de Peixe fica a cerca de 310 km de Palmas e 70 km de Gurupi. Para chegar a praia o turista pode seguir pela BR-153 ou rodovia BR-242. Também há opção de ônibus. Os que saem de Gurupi contam com nove linhas e, em média é cobrado o valor de R$ 10 pela passagem. A ecopraia da Tartaruga fica a 6 km do centro da cidade, o acesso é feito por estrada de chão. (Sara Cardoso/ATN)

Por: Redação

Tags: Peixe, Praia da Tartaruga, Sebrae