Polí­tica

Foto: Divulgação

Atendendo pedido da Justiça Eleitoral, o governador Siqueira Campos colocou o Palácio Araguaia à disposição do serviço de Recadastramento Biométrico para atender os servidores públicos do Governo do Estado.  O atendimento estará disponível a partir das 9h desta sexta-feira, 26, e será estendido a servidores do Poder Legislativo.

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral – TRE, para a revisão biométrica, o eleitor deve levar documento de identificação oficial com foto e comprovante de endereço. Não serão aceitos documentos de habilitação e o novo modelo de passaporte.

Com a biometria, a Justiça Eleitoral busca garantir um processo eleitoral eletrônico ainda mais seguro, já que a tecnologia impede que uma pessoa se passe por outra na hora da identificação. Isso porque cada indivíduo possui impressões digitais únicas.

Durante o recadastramento eleitoral, elas são coletadas e armazenadas em um banco de dados e, no dia da eleição, para identificar o eleitor, o mesário fará o reconhecimento dessas digitais para, assim, liberar a urna eletrônica para votação.

No Tocantins, mais de cento e vinte mil eleitores votaram através do sistema biométrico nas eleições de 2012.  A primeira fase de implantação da biometria aconteceu no ano de 2009, em Alvorada (14ª ZE) e Pedro Afonso (23ª ZE). Já a segunda, ocorreu em 2011 nas Zonas Eleitorais de Paraíso do Tocantins (7ª ZE), Gurupi (2ª ZE) e município de Tupirama, pertencente à 23ª ZE. As duas primeiras fases somadas recadastraram 13% do eleitorado. (Assegov)