Estado

Foto: Divulgação

Coordenadores Municipais de Defesa Civil de 27 municípios prioritários do Tocantins serão capacitados por técnicos da Defesa Civil, Agência Tocantinense de Regulação (ATS) e da Associação Tocantinense de Municípios (ATM), para gerenciamento de recursos emergenciais contra os danos do período de estiagem. A capacitação acontece nos dias 8 e 9 de agosto, a partir das 8 horas, na sala de treinamento da sede administrativa da ATM, à Quadra 301 Norte, Avenida Teotônio Segurado.

Água potável

 Umas das ações imediatas do programa emergencial é a operação Carro Pipa, que destinará 40 caminhões-pipa para os municípios atingidos pela estiagem para atender as famílias em situação de vulnerabilidade hídrica e alimentar, disponibilizando água potável.

ATM e ATS

De acordo com o presidente da ATM, prefeito de Almas, Leonardo Sette Cintra (PSDB), com o apoio do presidente da Agencia Tocantinense de Regulação, Edmundo Galdino, o Governador Siqueira Campos (PSDB), liberou R$ 1 milhão para o custeio dos caminhões pipas.

“Sensibilizamos o governador da situação dramática que vivemos no período de estiagem, com o desabastecimento de água que se iniciou em maio e vai até início de novembro, trazendo muito sofrimento para a comunidade “ – declara Leonardo Cintra, argumentando que 27 prefeitos assinaram declaração pública de estado de emergência em seus municípios.

Os coordenadores deverão trazer relatórios e fotos da situação de estiagem  nos municípios.

Municípios

Almas, Arraias, Aurora do Tocantins, Brejinho de Nazaré, Chapada da Natividade, Combinado, Conceição do Tocantins, Dianópolis, Ipueiras, Jaú do Tocantins, Lavandeira, Monte do Carmo, Natividade, Novo Alegre, Novo Jardim, Palmeirópolis, Paranã, Pindorama do Tocantins, Ponte Alta do Bom Jesus, Porto Alegre do Tocantins, Rio da Conceição, Santa Rosa do Tocantins, São Salvador do Tocantins, São Valério da Natividade, Silvanópolis, Taguatinga e Taipas do Tocantins.