Polí­tica

Os problemas enfrentados pelos pacientes dos hospitais públicos do Estado foi o principal assunto abordado pelos parlamentares na sessão desta terça-feira, dia 13, na Assembleia Legislativa. O tema começou a ser debatido depois que a deputada Luana Ribeiro (PR) subiu à tribuna para cobrar ações do Governo e apontar falhas do sistema público de saúde. A deputada Josi Nunes (PMDB) também se pronunciou sobre o assunto e disse que, após visita aos hospitais, vai encaminhar um relatório ao Ministério Público do Estado (MPE) com a relação dos problemas encontrados nas unidades.

 Para Luana Ribeiro, os problemas saíram de controle depois que o Governo terceirizou os serviços nos hospitais. Ela apontou a falta de insumos e medicamentos, a demora na realização de exames, a suspensão de cirurgias eletivas e leitos insuficientes como principais problemas denunciados por pacientes.

 “Apesar das diversas audiências feitas neste Parlamento, nada tem melhorado. O sistema de saúde sofre com infecções hospitalares, que têm saído de controle e preocupado autoridades. Por isso, convido todos os deputados para uma visita aos hospitais e conferir esses problemas in loco. Só vamos descansar quando a população tiver um atendimento merecido”, enfatizou Luana Ribeiro.

 Ainda durante seu pronunciamento, a deputada apontou outras questões que podem ter solução, como o retorno dos atendimentos do Plansaúde, cuja falta tem gerado transtorno aos servidores e também engrossado as filas dos hospitais, bem como a Federalização do Hospital de Doenças Tropicais do Tocantins (HDT), em Araguaína. Luana reclama da falta de informações sobre o processo. “Precisamos saber de que forma a federalização será feita e que consequência terá para a população”, salientou.

 Na sequência dos discursos, a deputada Josi Nunes lamentou que os problemas da Saúde ainda não tivessem sido solucionados. “Falta gestão na execução dessas metas, pois a Defensoria Pública tem afirmado que as informações repassadas pela Sesau não condizem com a realidade. Por isso, vamos juntar todos os nossos esforços para amenizar tais problemas”, ressaltou.

 Para dar sua colaboração, a parlamentar apresentou nesta manhã um requerimento em regime de urgência sugerindo três audiências, em Palmas, Araguaína e Gurupi, para discutir propostas ao setor. “Essas propostas serão encaminhadas para o Governo, e vamos acompanhar a execução de cada uma. Sobre as denúncias apresentadas pelos pacientes, vamos verificar as deficiências em nossas visitas aos hospitais e fazer um levantamento dessas falhas e problemas, apontando todas em relatório que será encaminhado ao Ministério Público do Estado para as devidas providências”, comunicou.

 O deputado Amélio Cayres (PR), por sua vez, disse que o Governo continua a trabalhar pela população, a despeito da insatisfação parlamentar. Como algumas medidas executadas nessa gestão, foram mencionadas a ampliação do Hospital de Augustinópolis e a continuidade dos serviços da Saúde na região. (Dicom/AL)