Polí­tica

Foto: Divulgação Nilmar Ruiz (e) durante audiência com a ministra Maria do Rosário Nilmar Ruiz (e) durante audiência com a ministra Maria do Rosário

Em audiência com a ministra Maria do Rosário, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, a deputada federal Nilmar Ruiz (PEN-TO) demonstrou interesse de que o Tocantins seja inserido no Programa Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual Contra a Criança e o Adolescente (PAIR).

O programa faz um diagnóstico da situação no Estado e estabelece, com a participação de todos os segmentos organizados e instâncias de poder, o plano de enfrentamento do problema, criando mecanismos de combate à violência.

Nilmar disse que vem mantendo um diálogo junto ao Governo do Estado sobre a necessidade da implantação do Programa no Tocantins.

“A participação do nosso Estado no Programa de Enfrentamento da Violência Sexual Contra a Criança e o Adolescente é muito importante. Isso dará mais força às ações desenvolvidas pelo Estado no combate a este tipo de violência e diminuirá a ocorrência desses crimes, que causam tanta dor às vítimas e suas famílias”, comentou Nilmar. 

Conselhos Tutelares

Durante a reunião com a ministra, Nilmar foi informada que a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República vai entregar nos próximos dias dois automóveis, dez computadores, duas impressoras, dois refrigeradores e dois bebedouros para os Conselhos Tutelares de Palmas.

A ministra informou à deputada que a intensão da Secretaria é que, através de emenda apresentada à LDO, todos os conselhos tutelares do país sejam equipados. Emendas individuais de parlamentares também poderão ser destinadas para este fim.

Nilmar se comprometeu a levantar a situação dos Conselhos Tutelares nos municípios tocantinenses para verificar como a Secretaria de Direitos Humanos pode apoia-los na melhorar o atendimento e das condições de trabalho. 

Drogas
A deputada também levou à ministra a preocupação sobre o consumo de drogas no Estado, principalmente de crack. “A falta de oportunidades de ocupação, principalmente para os jovens, e a falta de objetivos, a facilidade de acesso às drogas têm contribuído para o aumento do consumo, causando a destruição de milhares de famílias tocantinenses”, disse Nilmar.

A parceria com comunidades terapêuticas pode ser uma das ações de apoio da Secretaria de Direitos Humanos no tratamento de dependentes no Tocantins, assim como a criação de uma política integrada de enfrentamento do problema, opções de atitudes de envolvimento público que podem reduzir o consumo de drogas no Tocantins.

“Durante quatro anos estive com a Maria do Rosário na Comissão de Educação na Câmara, quando nós duas éramos deputadas federais. Estivemos juntas nas discussões e votação do FUNDEB e do Plano Nacional da Educação. Conheço a ministra e sei da sua sensibilidade para o tema. Tenho certeza que ela irá ajudar o nosso Estado”, garantiu Nilmar.