Polí­tica

Foto: Divulgação

Com  a proximidade de 2014, alguns deputados estaduais já analisam a possibilidade de mudarem de legenda. Dia 30 de setembro encerra a temporada de troca de partido. É nessa data que termina o prazo para quem for disputar as eleições do ano que vem se filiar ou ingressar em outra legenda.

 Sargento Aragão (PPS) chegou a afirmar por várias vezes que pretendia deixar os quadros da legenda principalmente quando se cogitou a possibilidade de fusão com o PMN. Como a união das duas legendas não aconteceu Aragão agora analisa seu rumo partidário. Procurado pelo Conexão Tocantins para comentar o assunto nesta sexta-feira, 30, ele disse que não quer falar sobre o assunto no momento. “ Não quero falar sobre partido no momento”, disse.

Além de Aragão, Freire Junior deixou não só a base do governo estadual bem como sairá dos quadros do PSDB. Ele foi convidado por várias legendas como PR e PMDB mas segundo informações deverá ir para o PV, comandado pelo deputado Marcelo Lelis. “Tenho tido conversa boa com o deputado Marcelo Lelis mas não decidi ainda”, frisou em entrevista ao Conexão Tocantins. Ele afirmou que deve tomar uma decisão no dia 15 de setembro. “ O que está certo é que no PSDB eu não fico”, disse.

O deputado estadual Wanderlei Barbosa, atualmente no PEN, confirmou ao Conexão Tocantins que estuda a ida para uma nova legenda. “Eu passei por várias etapas no PEN, meu projeto era fazer a política de promoção partidária e fazer o partido crescer no Estado mas não tive condições de fazer isso”, contou. Ele citou que foi tirado da presidência sem ser comunicado previamente e que não tem convivência política com a atual presidente estadual, Nilmar Ruiz.

Ao afirmar que está contrariado na atual legenda ele sinalizou que pode ir para o PCdoB ou para o PP do prefeito de Palmas, Carlos Amastha. “ Estou estudando um partido deste grupo”, afirmou ao negar a possibilidade de retornar para os quadros do PSB onde militou por anos.

Em análise

O deputado do PMDB Eli Borges também é um dos nomes sondados para deixar a legenda. Procurado para tratar do assunto ele disse que está analisando o caso.  “Eu sempre fui muito silencioso e prudente com relação a esse assunto mas tudo é possível. Estou refletindo sobre isso não tenho ainda opinião formada sobre isso”, disse ao Conexão Tocantins. Nos bastidores já chegou a circular a informação de que o parlamentar estaria querendo se filiar no PSC.

Outra parlamentar com o nome cotado para mudar de legenda é Solange Duailibe, atualmente nos quadros do PT. A parlamentar tem várias divergências com o atual comando do partido mas  não confirmou se pretende deixar a sigla. O Conexão Tocantins tentou contato por várias vezes com a parlamentar para ouvi-la sobre o assunto mas não obteve sucesso até o fechamento desta matéria.

O deputado Raimundo Palito (PEN) que foi eleito pelo PP em 2010 também chegou a ser citado como um dos que pretendem mudar de rumo partidário mas ele frisou ao Conexão Tocantins que não pretende deixar a sigla.