Polí­tica

Mesmo após cobrança de vários deputados estaduais o presidente da Assembleia Legislativa, Sandoval Cardoso (PSD) disse ao Conexão Tocantins nesta quarta-feira, 4, que não há ainda previsão para a apreciação das contas de 2009 dos ex-governadores Carlos Gaguim e Marcelo Miranda, ambos do PMDB.

 “Não tem prazo limite para colocar as matérias em votação”, disse. Ele frisou que existem vários deputados que não fazem parte da Comissão de Finanças que querem analisar o parecer do relator José Augusto Pugliese (PMDB). “ Eu mesmo ainda não analisei. Deputados que não são da comissão ainda não analisaram o parecer”, frisou.

 Cardoso conta ainda que pretende analisar em breve o parecer para definir seu voto.  O assunto foi  alvo de discussão na sessão desta terça-feira, 3, quando o deputado Manoel Queiroz (PPS) disse que as contas estão engavetadas há quase três anos.

Também na Câmara o vereador Valdemar Junior (PSD) também fez um apelo para que as contas sejam colocadas logo em votação.

 Voto aberto

 O presidente se manifestou a favor do fim do voto secreto na Casa de Leis. Uma proposta de Emenda Constitucional do deputado Freire Junior (PSDB) deve entrar em votação esta semana e já gera polêmica. “Sou a favor não há nada o que esconder”, disse. A Câmara dos deputados votou por unanimidade a favor da extinção do voto secreto.