Estado

Por meio da pesquisa que mede a confiança dos empresários de Palmas – ICEC, no mês de Agosto, foi sentida uma nova queda em seu índice geral. Nesse mês, o índice marcou 127,7 pontos, sendo a variação de -3,8%, uma queda de 5 pontos quando comprado a Julho.

 Os empresários entrevistados em sua maioria acreditam que a economia piorou pouco (36,4%) e os que acreditam que piorou muito chegam a 32,7%. Sobre as condições do setor, 33,1% disseram que a condição do setor melhorou pouco. Já 40,8% acreditam que a condição de sua empresa melhorou pouco.

Para o presidente da Fecomércio, Hugo de Carvalho, essa queda demostra a insegurança dos empresários. “Em Palmas, principalmente, o setor do comércio está sofrendo com a economia instável que assola tanto o país quanto o Estado. Por isso, os empresários do comércio estão menos confiantes, mas é nessa hora que é necessário investir em qualidade, bons serviços e produtos, além de qualificação profissional”, justificou.

A expectativa dos entrevistados com relação a economia, comércio e sua empresa ainda assim é boa. Quando questionados sobre o futuro da economia, 43,4% pensam que há uma melhoria maior e 29,1% melhora menor. Já sobre o setor de comércio, 47,8% afirmam que melhoraram muito e 37,5 melhoraram pouco. No dia-a-dia de sua empresa, 57,2% acham que houve uma melhoria maior e 35,1% menor.

 O investimento na empresa e no quadro de funcionários também apresenta números marcantes. 22,6% disse que aumentará muito o número de colaboradores e 55,7% aumentará pouco. O investimento em seu comércio será 52,2% pouco maior que julho e 22,8% pouco menor. Do total da amostra, 65% mostraram estar com o seu estoque adequado.(Com informações da Fecomércio)

Por: Redação

Tags: Fecomércio, Hugo de Carvalho