Polí­tica

Foto: Clayton Cristus Dertins quer saber, entre outros assuntos, por que o Tocantins cobra a maior taxa de esgoto do País Dertins quer saber, entre outros assuntos, por que o Tocantins cobra a maior taxa de esgoto do País

O representante da Foz Saneatins, empresa da organização Odebrecht, poderá comparecer à Assembleia Legislativa do Tocantins para prestar esclarecimentos sobre o valor das taxas de água e esgoto cobradas em cada município tocantinense. A urgência do requerimento, de autoria do deputado Eduardo do Dertins (PPS), foi aprovada na sessão matutina desta quarta-feira, dia 11.

O parlamentar quer saber, entre outros assuntos, por que o Tocantins cobra a maior taxa de esgoto do país, que é de 80% sobre o valor da água consumida. “Um preço que vem sendo suportado com muito sofrimento por parte do nosso povo. Quais os critérios adotados para essa cobrança? Precisamos de uma explicação”, exige Eduardo.

De autoria do deputado Stalin Bucar (PR), outro requerimento em regime de urgência convoca o presidente da Agência Tocantinense de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos (ATR), Magno Castro Filho. Ele deverá comparecer à Casa para prestar esclarecimentos sobre a qualidade dos serviços prestados pela empresa Viação Paraíso, que faz o trecho entre Miracema e Palmas.

Segundo Stalin, há muitas denúncias de que a empresa Viação Paraíso presta um serviço de má qualidade, como excesso de lotação, ônibus velhos e em péssimo estado de conservação, não cumprimento de horários e constante quebra dos veículos. “Os usuários sofrem com o desconforto e a falta de segurança, e ainda chegam atrasados aos destinos”, disse.

A terceira urgência aprovada na sessão foi do deputado Wanderlei Barbosa (PEN), solicitando a realização de palestra temática para debater projeto de lei complementar que cria a Região Metropolitana de Palmas.

Ordem do Dia

Os parlamentares também aprovaram dois requerimentos em regime de urgência constantes na ordem do dia. O primeiro, de autoria do deputado Amélio Cayres (PR), pede a aquisição de tendas climatizadas ou locação de prédios para atender aos hospitais regionais em reforma no Estado.

O segundo, do deputado Manoel Queiroz (PPS), solicita informações sobre empenhos, liquidações e pagamentos referentes a emendas parlamentares no período de 1º de janeiro a 10 de setembro de 2013. (Dicom AL)