Polí­tica

Foto: Divulgação

O ex-ministro e secretário de Desenvolvimento Econômico de Palmas, Luiz Carlos Borges da Silveira confirmou ao Conexão Tocantins que estuda a possibilidade de ingressar nos quadros do PSL. O partido é comandado atualmente por Christian Zini que também integra equipe do prefeito Carlos Amastha como secretário-executivo de Acessibilidade, Mobilidade e Transporte.

“Se eu me filiar será no PSL porque é um partido que posso ajudar a construir”, revelou. Ele rendeu elogios ao partido no Estado. “ É um partido que está começando e já está no caminho certo de como fazer um partido. Estão fazendo o trabalho bem feito. As coisas acontecem de baixo pra cima e não de cima pra baixo”, elogiou.

 O secretário, que tem sido cotado como um dos nomes para disputar o governo no Estado, disse que não está filiado ao PP. Ele tem até o dia 5 de outubro para se filiar para estar em condições partidária de disputar algum mandato no próximo ano.

 Borges tem dito que não tem pretensão de ser candidato ao governo mas pessoas ligadas a ele defendem o nome do ex-ministro para a disputa em razão de sua vasta experiência na gestão pública. Mesmo ressaltando que deixará o processo correr com naturalidade ele já admitiu ao Conexão Tocantins recentemente que se seu grupo o escolher como nome ele aceitará o desafio. “Se tiver num momento que haja um consenso pelo meu nome, pode até ser. Aí eu não vou recusar”, disse, completando que aceitaria uma indicação espontânea do grupo.

O PSL deve se juntar ao grupo do PT, PP e PCdoB que começa a ser formado para as eleições do próximo ano.