Palmas

Com o objetivo de discutir temas inerentes ao quadro da Educação municipal, como realização de concurso; jornada de trabalho, revisão do Plano de Cargos, Carreira e Salários (PCCR), entre outros, foi realizada nesta segunda-feira, 16, reunião que contou com a participação da secretária de Educação, Berenice Barbosa, e dos secretários de Governo e Relações Institucionais, Tiago Andrino e de Finanças, Cláudio Schüller, com a direção do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Palmas (Sintet).

No encontro, a direção do sindicato apresentou e discutiu com a gestão os pontos da pauta elaborada pela categoria durante assembleia realizada no último sábado, 14.  Os gestores municipais debateram amplamente a pauta de negociações, esclareceram dúvidas sobre legalidade e procedimentos dos atos da administração e deram encaminhamento às solicitações. 

Em alguns casos, foram criadas comissões de acompanhamento dos processos pendentes, garantindo a representatividade do sindicato, a exemplo das etapas preliminares à realização do concurso da educação, que serão acompanhadas por representantes do Sintet. A área será priorizada no certame que teve o contrato assinado no último dia 10 de setembro, entre a Prefeitura e a Universidade Federal do Tocantins,  e oferecerá 701 vagas para diversos cargos.

A secretária municipal da Educação, Berenice Barbosa, ressalta os avanços que os servidores conquistaram na atual gestão. “Foram concedidos benefícios como progressões e enquadramentos para 2.887 servidores do quadro, benefícios esses que estavam pendentes desde 2006. Com esse investimento os servidores alcançaram uma melhoria significativa em seus vencimentos e. isso, certamente teve reflexo positivo no rendimento profissional.”

Berenice ainda salientou, “alcançamos avanços significativos nas discussões e acreditamos que na próxima reunião chegaremos a um consenso em todo os encaminhamentos do sindicato.” Um novo encontro será realizado na sexta-feira, 20.

O secretário de Governo e Relações Institucionais, Tiago Andrino, avaliou a reunião de forma positiva. “O sindicato veio com propostas claras e definidas, por isso, avançamos em 70 % das questões. Os demais itens da pauta serão sanados em um outro momento”, disse. (Secom Palmas)



Jornada

Quanto à manutenção da jornada de seis horas para servidores do quadro administrativo, os gestores municipais aguardam novos levantamentos de dados sobre os Agentes Educacionais (AEs) para um posicionamento definitivo. 


Segundo o presidente regional do Sintet, Joelson Pereira dos Santos, a reunião foi de extrema importância para a classe. “Avançamos, conceitualmente, em boa parte da pauta prioritária. No entanto, vamos aguardar a próxima reunião para os próximos encaminhamentos”, avaliou. (Ascom)

Por: Redação

Tags: Berenice Barbosa, Sintet, Tiago Andrino