Polí­tica

Foto: Divulgação

O presidente em exercício da Câmara de Vereadores de Palmas, Emerson Coimbra (PMDB) usou a tribuna na sessão desta quarta-feira, 09, para cobrar do Ministério Público maior fiscalização em relação ao preço do combustível em Palmas, afirmando que a diferença de preço entre a capital e cidades vizinhas é alta.

Emerson afirmou que no ano de 2013, o Ministério Público atuou em alguns estados do país fiscalizando a prática do preço do combustível para apurar prejuízos que o consumidor estava tendo com a alta da gasolina. “Em Palmas um levantamento feito no meio do ano apontou que os donos dos postos estão ganhando mais de 0,14 centavos por litro, isso em um tanque de 45 litros faz com que o cliente perca mais de 6 reais. Por isso peço que se fiscalize”, afirmou o parlamentar. 

O vereador aponta ainda que no levantamento é claro que cidades do interior mesmo com difícil acesso das estradas conseguem ter um melhor preço do que na capital e que no site da Agencia Nacional do Petróleo (ANP) é possível visualizar o valor de compra e venda do combustível em cidades de outros estados, mas não há informações para Palmas. “O consumidor tem o direito de saber, porque senão o grupo impõe o valor e prejudica toda a população, principalmente os mototaxistas e taxistas que dependem do combustível para trabalhar”, disse.

Emerson pede rapidez na resolução deste problema para que a população não saia no prejuízo.