Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado federal Junior Coimbra estaria se recusando a assinar compromisso pessoal feito com a direção nacional do PMDB e demais membros em reunião nesta quinta-feira, 10. O Conexão Tocantins teve acesso á integra do documento onde ele teria se comprometido a se licenciar do cargo de presidente deixando a vice-presidente indicada Josi Nunes no comando da legenda.

 “COMPROMETO-ME, pessoalmente, a me licenciar do cargo de Presidente do Diretório Regional do PMDB-TO se for eleito na Convenção Estadual designada para o dia 11/10/2013 por tempo indeterminado, assumindo o 1º vice-presidente. Firmo esse compromisso pessoal de forma irretratável e irrevogável, com a certeza de que não deixarei de cumpri-lo, seguro de que minha honradez e história pessoal são garantias suficientes do cumprimento da minha palavra”, diz no acordo.

 As eleições acontecem durante todo o dia de hoje mas o grupo dos Autênticos ainda tem dúvidas se Coimbra vai mesmo confirmar o acordo.

O deputado afirmou ao Conexão Tocantins que conversou com o presidente nacional Valdir Raupp nesta quinta-feira, 11, mas, segundo ele,  de 9 horas às 10h30 da manhã não apareceu nenhum representante do grupo dos Autênticos. " O acordo não foi concretizado. A eleição já está em andamento mas estou aguardando a deputada Josi Nunes para conversar. Estamos tentando ainda um acordo", frisou. Ele diz não ter conhecimento de nenhum acordo. "O carro andou na frente dos bois", frisou.

Coimbra frisou que não tem dificuldade nenhuma em se licenciar por um tempo indeterminado do cargo para que Josi assuma. Ele comentou ainda que quer o partido num papel protagonista no próximo ano com candidatura própria. " O PMDB é oposição ao Estado não mudou nada", frisou.Ele, que quer ser candidato ao governo pelo partido, disse que a aceitação popular vai definir o candidato.  O deputado disse também que não tem restrição ao nome de ninguém do partido.

 Veja a íntegra do compromisso que o deputado nega ter assinado :

COMPROMISSO PESSOAL DO DEPUTADO FEDERAL JUNIOR COIMBRA

Considerando a situação de conflito entre grupos políticos no Estado do Tocantins;

Considerando a iminência das eleições para os órgãos partidários no Estado do Tocantins, marcadas para o dia 11/10/2013;

Considerando a necessidade de manutenção da unidade e organicidade partidária no Estado do Tocantins com vistas às eleições de 2014, quando o partido pretende retomar o controle do Governo do Estado, eleger seu (sua) candidato (a) ao Senado Federal, eleger bancadas numerosas tanto na Câmara dos Deputados como na Assembléia Legislativa;

Considerando a necessidade de manutenção da unidade e organicidade partidária em todo o terriório nacional;

COMPROMETO-ME, pessoalmente, a me licenciar do cargo de Presidente do Diretório Regional do PMDB-TO se for eleito na Convenção Estadual designada para o dia 11/10/2013 por tempo indeterminado, assumindo o 1º vice-presidente.

Firmo esse compromisso pessoal de forma irretratável e irrevogável, com a certeza de que não deixarei de cumpri-lo, seguro de que minha honradez e história pessoal são garantias suficientes do cumprimento da minha palavra. 

Brasília/Tocantins, 10 de outubro de 2013.

Deputado Federal JÚNIOR COIMBRA