Polí­tica

Foto: Divulgação

Com o objetivo dereconhecer e destacar as pessoas que doam trabalho, tempo, e talento de maneira voluntária, a deputada Amália Santana (PT) apresentou um requerimento nesta quinta-feira, 17, onde pede a realização de Sessão Especial em comemoração ao trabalho voluntariado no Estado doTocantins. “Entendemos que os voluntários não doam tão somente o seu tempo e sua generosidade, mas respondem a um impulso humano fundamental: a vontade de colaborar, de ajudar, de dividir alegrias, aliviar sofrimentos e de melhorar a qualidade da vida em comum. Solidariedade, responsabilidade e compaixão são sentimentos essencialmente humanos e virtudes cívicas”, justificou.

A parlamentar ressaltou existem várias instituições e projetos no Estado que defendem o interesse social e o bem da coletividade, através do trabalho voluntariado. “O trabalho voluntariado também pode ser viabilizado como uma oportunidade de aprendizado incrível e ferramenta de abertura para novas experiências e transformações. Dedicar-se a algum trabalho voluntário pode ser significativo para uma carreira profissional”, defende.

Moção de Aplauso

A deputada apresentou também nesta quinta-feira uma moção de aplausos para a Associação de Voluntários e Amigos dos Portadores de Câncer em Tratamento na cidade de Araguaína - AVAPCA, pela prestação de serviços à comunidade. Amália visitou o local recentemente e elogiou o trabalho prestado na instituição. “ É uma luta grande que merece atenção, dedicação e reconhecimento social”, avaliou ressaltando aatuação da AVAPCA no combate incessante ao câncer

A Associação, que foi fundada pelo Senhor José Armando da Silva, é uma organização social de interesse público, sem fins lucrativos, mantida e operada por voluntárias que se dedicam a ampliar e expandir a qualidade e a quantidade de informações que possam possibilitar a prevenção e a detecção precoces do câncer. A entidade atende mais de 980 pessoas que são beneficiadas com medicamentos, alimentos, equipamentos, suporte profissional e jurídico nas áreas da família e previdenciária.

A petista lembrou que neste mês de outubro várias entidades, órgãos públicos e privados tem abraçado a campanha Outubro Rosa. “O câncer é sem dúvida uma das principais doenças que acometem o ser humano. Com efeito, a sociedade civil tem de forma precisa e intensiva cada vez mais se organizado para difundir e ampliar o ideal e há a necessidade de que a prevenção e a detecção precoces do câncer possam realizadas com especial atenção e envolvimento de todo o tecido social”, defende veemente a parlamentar.

Utilidade Pública

Outra proposição apresentada pela parlamentar foi um projeto de lei que propõe queo Memorial Raimunda Gomes da Silva - MERGOSCIP, entidade sem fins lucrativos, localizado no município de São Miguel do Tocantinsseja declarado de Utilidade Pública.

A MERGOSCIP, com sede no povoado Sete Barracas,tem como finalidade promover a discussão de relação de gênero, a valorização da vida, à prevenção contra a violência doméstica, a luta pela política pública da saúde, educação, cultura e moradia, pela preservação do meio ambiente, e outros temas importantes para o benefício da coletividade. Defende ainda, a valorização do movimento das mulheres trabalhadoras rurais e extrativistas da região do bico do papagaio. Sua história de luta em defesa da ecologia e pelos direitos das mulheres na região de São Miguel-TO, é conhecida e reconhecia no âmbito nacional e internacional.

“Tendo em vista o caráter social da entidade, aliado às necessidades com que se defrontam as instituições sem fins lucrativos, a concessão do título de utilidade pública estadual representará um importante respaldo para que possa continuar sua importantíssima missão”, defende a deputada no projeto.(Ascom Amália Santana)