Polí­tica

Foto: Héder Fidelis

Em sessão solene, na manhã desta quinta-feira (17/10), a Câmara Municipal de Palmas concedeu à presidente do Tribunal de Justiça, desembargadora Ângela Prudente, o título de Cidadã Palmense, por fazer parte e contribuir diretamente com o desenvolvimento da Capital Tocantinense.

A homenagem é resultado de projeto de lei do ex-vereador Aurismar Cavalcante, aprovado pela Casa de Leis ainda na legislatura passada. “Não sou amigo da desembargadora Ângela, mas sim, conhecedor do trabalho prestado por ela a esta cidade, este Estado, ela é mais que merecedora desse título”, afirmou Cavalcante ao justificar a indicação da desembargadora quando ainda integrava o legislativo municipal.

A sessão solene foi prestigiada por familiares, autoridades estaduais e municipais, desembargadores, juízes, servidores “É uma alegria muito grande para todos nós operadores do direito participarmos desta justa homenagem a desembargadora Ângela. Pegamos uma carona em nos sentimos todos homenageados”, afirmou o desembargador Eurípedes Lamounier.

Ângela Prudente é natural de Goiânia, Goiás, chegou ao Tocantins, então recém-criado, em setembro de 1989 para ingressar na magistratura. Antes de ser eleita para compor a alta Corte de Justiça Tocantinense – TJTO, em 2010, foi Juíza Titular da Vara de Precatórias, Falências e Concordatas da Comarca de Palmas, onde atuou durante 13 anos. Entre os anos de 2011 e 2013 foi Corregedora Geral de Justiça, sendo eleita na sequência ao cargo de presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins 20013/2015.

“Presenciei o lançamento da pedra fundamental , em 20 de maio de 1989, a primeira missa celebrada e o crescimento progressista desta cidade, desde o início admirando os seus encantos”, relembrou a desembargadora. Em seu pronunciamento Ângela Prudente ainda afirmou, “A honraria que recebo nesta manhã aumenta meu compromisso com o povo palmense e me estimula a continuar buscando que se alcance a justa aplicação do direito, através de uma justiça célere, eficaz e transparente”.

Presentes

Prestigiaram a homenagem à desembargadora Ângela Prudente, os desembargadores Marco Vilas Boas, Eurípedes Lamounier, Ronaldo Eurípedes, Daniel Nenry, o presidente da Asmeto Helvécio Brito Maia Neto, as juízas convocadas do TJ Adelina Gurak, Célia Reges, a juíza auxiliar da Presidência Silvana Parfeniuk, além de juízes da Comarca de Palmas. A Procuradora Geral de Justiça, Vera Nilva Lira, o Defensor Público Geral Marlon Costa Luz Amorim e o presidente da Ordem dos Advogados - OAB, Epitácio Brandão também registraram presença.  

Homenageados

Além da desembargadora, também receberam o título de Cidadão Palmense, Wolfgang Teske, professor de Comunicação Social da UFT, Fabiano Roberto Matos do Vale Filho, presidente da Associação Comercial e Industrial de Palmas (Acipa) e Pastor Alcides de Oliveira Souza, procurador do Estado. A sessão solene foi presidida pelo vereador Major Negreiros, presidente da Casa. “Todos vocês contribuíram para o crescimento da nossa cidade. Nós palmenses temos orgulho de ter vocês como pioneiros na construção da nossa Capital”, declarou o presidente. (Ascom TJ)