Saúde

Foto: Divulgação

Mais 14 profissionais cubanos do programa Mais Médicos, do governo federal, desembarcaram no Tocantins nesta segunda-feira, 28. O grupo foi recepcionado no Aeroporto Lysias Rodrigues pela secretária de Saúde do Estado, Vanda Paiva, e a comissão de saúde do Tocantins, que agradeceu a vinda dos profissionais para fortalecer a atenção básica do Estado.

"Ficamos muito agradecidos de vocês terem vindo para o Tocantins e temos certeza que, junto com os outros profissionais, vão ajudar muito na atenção básica. Esperamos que até abril de 2014 o Ministério da Saúde consiga colocar médicos em todos os municípios do Estado para trabalhar com a promoção e prevenção da saúde", disse a secretária.

Oito mulheres e seis homens vierem ao Estado para atuar nas cidades de Araguaína, Araguatins e Palmas. Com a expectativa de ajudar no atendimento e melhorar a qualidade da saúde em Araguaína, a médica cubana Yuriem Fanjul Machado, especialista em Medicina Geral Integral, se diz muito satisfeita. "Sou médica há 20 anos e trabalho com as equipes da saúde da família. Espero realizar um bom trabalho em Araguaína, que já sei que é a segunda maior cidade do Estado”, disse.

Outra profissional que está satisfeita em vir trabalhar no Estado é a médica Yusimi Rodriguez Moreno. "Vou trabalhar em Palmas, cidade que já achei muito bonita, tenho a experiência dos trabalhos que fiz na Venezuela e Cuba e quero muito ajudar a saúde do Brasil e do Tocantins", afirmou a médica.

Acolhimento

A partir desta terça-feira, 29, até quinta-feira 31, em Palmas, os médicos receberão informações sobre o Estado e os municípios que irão atuar.  Já no dia 1º de novembro, os profissionais seguirão para os municípios onde irão trabalhar.

A diretora de Atenção Primária da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Maria Nadir da Conceição dos Santos, lembra que os médicos irão receber um acolhimento. "Não é uma capacitação, é um acolhimento onde eles irão conhecer um pouco sobre como funciona a política de saúde do Estado, para depois seguirem para os municípios", explicou.

Trinta médicos já atendem no Estado

Da primeira etapa do programa Mais Médicos, estão atuando no Tocantins 30 profissionais. Destes, 16 são oriundos de Cuba e 14 são brasileiros. Eles estão distribuídos em 21 municípios: Arraias, Buriti, Carrasco Bonito, Caseara, Distrito Sanitário e Indígena de Tocantinópolis, Esperantina, Ponte Alta do Bom Jesus, Goiatins, Maurilândia, Sampaio, Santa Maria, São Félix, Palmas, Araguaína, Riachinho, Paranã, Lizarda, Tocantínia, Recursolândia, Monte Santo e Filadélfia.

Deste novo grupo que desembarcou hoje na capital, serão destinados seis profissionais para a cidade de Araguaína, dois para Araguatins, quatro para Palmas, e dois para o Distrito Sanitário e Indígena da Capital. (Ascom Sesau)