Estado

Foto: Google Earth Anel Viário de Lagoa da Confusão Anel Viário de Lagoa da Confusão

O governo do Estado está investindo na melhoria da malha viária de Lagoa da Confusão, município a 198 km de Palmas. Para isso, foi dado início nesta quarta-feira, 6, ao processo licitatório para 4.680 km de pavimentação asfáltica do Anel Viário, com propostas de quatro empresas interessadas em executar as obras que aguardam agora a fase de análise documental do processo. O investimento previsto é de R$ 1.690.000,00.

A estrutura vai beneficiar diretamente os bairros de Novo Jardim e Praia Alta, além do Setor Industrial, que está em fase de implantação. No local vão ser realizadas obras de terraplenagem, drenagem de águas pluviais, pavimentação com asfalto superficial duplo e sinalização horizontal e vertical.

No município, as principais atividades econômicas são as produções agrícolas e de calcário. Para escoamento do que é produzido na região, caminhões pesados trafegam pelas ruas e avenidas do centro da cidade. São em torno de cinco mil caminhões transportando calcário, durante todo o ano; e nos oito meses de safra de soja, melancia e arroz, cerca de 300 caminhões passam pela cidade ao dia, o que traz insegurança para a população, atrapalha o trânsito e dificulta o escoamento da produção.

Para o secretário de Estado da Infraestrutura (Seinfra) e presidente da Agência de Máquinas e Transportes (Agetrans,  Kaká Nogueira, esta obra é a confirmação de que o governo está investindo em pontos fundamentais no Estado. "Pavimentar o anel viário de Lagoa da Confusão é assegurar o desenvolvimento de uma das regiões que mais crescem no Tocantins, o governo está atento a expansão do agronegócio, vamos dar condições para que isso aconteça com toda segurança e agilidade", pontuou.

Segundo o prefeito de Lagoa da Confusão, Neto Lino, os benefícios vindos com essa obra vão alcançar toda a população, pois além de melhorar a trafegabilidade do município será um canal de desenvolvimento. “Agradeço a atenção que o governador Siqueira Campos está dando para o nosso povo, estamos cumprindo uma demanda antiga da cidade. Agora vamos poder escoar nossa produção de forma rápida e segura, a população lagoense anseia por essa obra”, comemorou.

De acordo com o presidente do Sindicato Rural, Reginaldo Miranda, a pavimentação dessa via vai trazer desenvolvimento, qualidade de vida e segurança. “Essa obra tem um grande impacto para todos, pois o transporte no meio da cidade já saturou. Temos grandes cerealistas e extratores de calcário que precisam escoar com agilidade suas produções, esta notícia está sendo recebida com entusiasmo por todos”, destacou.

Já para o empresário Fausto Garcia, da Uniggel Sementes, empresa de grande produtividade na região, essas obras trarão agilidade para receber insumos e escoar a produção. “Com uma obra desse porte fica claro que o desenvolvimento socioeconômico está chegando para essa região, junto com a pavimentação do anel viário está vindo uma importante melhoria para o transporte da nossa produção, a segurança”, declarou. (Ascom/Agetrans)