Estado

Foto: Wellington Antenor

Nem o cansaço de uma viagem, que durou mais de 7 horas, e nem os 102 anos de idade, impediram dona Francisca Pereira dos Santos de ir atrás de seus direitos durante o mutirão do Juizado Especial Federal Itinerante iniciado nesta segunda-feira, 25, em Mateiros, região do Jalapão. Moradora do município de Lizarda, a trabalhadora rural aposentada ficou viúva e pleiteava uma pensão por morte.

Após alguns minutos, Dona Francisca saiu da sala com um singelo sorriso estampado no rosto. “Estou feliz. Minha viagem não foi perdida” comemorou a idosa ao lado da filha que a acompanhou durante a audiência. O juizado especial é promovido pela Justiça Federal no Tocantins. 

Para a filha de Dona Francisca, o benefício recebido irá contribuir para as necessidades básicas e garantir um pouco mais de conforto para a mãe. “Ela tem pressão alta e outros problemas de saúde. Vamos comprar remédios e cuidar mais da alimentação dela” planejou.

Ainda durante esta semana, serão mais de 300 audiências. Na pauta de hoje estão previstas 78, que serão realizadas pelos juízes federais Waldemar Cláudio de Carvalho e Rafael de Sousa Branquinho e Assis. Também participam do evento, 2 procuradores federais representando o INSS.

Além da população de Mateiros, estão sendo atendidos habitantes de São Félix, Recursolândia, Centenário, Lizarda e de povoados da região. São analisados pedidos de aposentadoria rural, salário maternidade, auxílio doença, pensão por morte e outros benefícios previdenciários. (Ascom JFTO)