Polí­tica

Foto: Divulgação Halum, Vicentinho e prefeitos em audiência com o secretário executivo Halum, Vicentinho e prefeitos em audiência com o secretário executivo

Em audiência com o secretário-executivo da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República, Nelson Negreiros, o deputado federal César Halum (PRB/TO), juntamente com o senador Vicentinho Alves (SDD/TO) propuseram o início de estudos para a construção de três novo aeroportos regionais em Tocantins, nas cidades de Araguanã, Combinado e Santa Rosa. Também estavam presentes os prefeitos das respectivas cidades, Alan Brasil, Mariinha e Ailton Araújo.

Os pedidos fazem parte da primeira etapa do plano de aviação regional do Governo Federal. Serão contemplados nessa primeira fase 270 aeroportos regionais. As medidas permitirão aperfeiçoar a qualidade do serviço prestado ao passageiro, agregar novos aeroportos à rede de transporte aéreo regular, aumentar o número de rotas operadas pelas empresas aéreas. Os investimentos previstos são da ordem de R$ 1,7 bilhão em 67 aeroportos na região Norte. “O objetivo é que 96% da população brasileira esteja a menos de 100 km de distância de um aeroporto apto ao recebimento de voos regulares”, disse César Halum.

O deputado lembra que Araguanã tem um grande potencial turístico, onde se encontram as praias de água doce mais visitadas do Estado: Araguanã, do Escapole e do Murici, e está a 100km de distancia do aeroporto mais próximo (Araguaína).

“Os projetos promoverão a construção, melhoria, o reaparelhamento, a reforma e a expansão da infraestrutura aeroportuária, tanto em instalações físicas quanto em equipamentos. Os investimentos incluirão, por exemplo, construção de pistas, terminais de passageiros, ampliação de pátios, revitalização de sinalizações e de pavimentos, entre outros. Os recursos virão do Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC)”, explicou Halum.

Dentre os critérios para análise de relevância do aeródromo serão consideradas características como o volume de passageiros e de cargas, os voos regulares e os resultados operacionais. Além disso, serão considerados aspectos socieconômicos, o nível de acessibilidade na Amazônia Legal, o potencial turístico e de fomento da integração nacional. Além de investimentos em aeroportos em cidades de pequeno e médio porte, serão contempladas medidas de incentivo à aviação regional com foco na viabilização de rotas de baixa e média densidades de tráfego.

César Halum tem apoiado também, de forma intensiva, o pleito do município de Combinado, onde “a prefeita Mariinha tem sido um ponto de referencia de nossas ações no Sudeste do Estado”.

Os planos de investimentos obedecerão as seguintes fases: diagnóstico da infraestrutura e da gestão dos aeródromos; elaboração do programa de necessidades de investimento e de projetos conceituais e termos de referência de equipamentos.