Saúde

Foto: Divulgação O primeiro grupo de profissionais do Programa veio para o Tocantins no mês de setembro O primeiro grupo de profissionais do Programa veio para o Tocantins no mês de setembro

Médicos do 2º Ciclo da 2ª Etapa do Programa Mais Médicos, do Governo Federal, chegam ao Tocantins neste fim de semana. Ao todos desembarcam no Estado 62 profissionais que atenderão em 40 municípios e no Distrito Sanitário Indígena. Entre os dias 2 e 6 de dezembro, os médicos participarão da Semana do Acolhimento, no auditório da  Assembleia Legislativa.

A previsão é que os médicos cheguem em voos fretados pela FAB (Força Aérea Brasileira). O primeiro grupo deve chegar no dia 30 de novembro, as 23h10, o outro grupo chega no domingo, 1, as 7h50, no aeroporto de Palmas.

Nesta segunda etapa serão beneficiados os municípios de Almas, Aparecida do Rio Negro, Araguanã, Araguatins, Arapoema, Aurora do Tocantins, Axixá do Tocantins, Babaçulândia, Barra do Ouro, Bernardo Sayão, Bom Jesus do Tocantins, Buriti do Tocantins, Campos Lindos, Cariri do Tocantins, Colinas do Tocantins, Combinado, Darcinópolis, Divinópolis do Tocantins, Filadélfia, Formoso do Araguaia, Fortaleza do Tabocão, Guaraí, Itacajá, Itaguatins, Lagoa da Confusão, Muricilândia, Novo Jardim, Palmeirante, Paranã, Pedro Afonso, Pequizeiro, Piraquê, Porto Nacional, Rio Sono, Santa Fé do Araguaia, São Bento do Tocantins, São Sebastião do Tocantins, Sítio Novo do Tocantins, Taguatinga, Tocantinópolis, Wanderlândia e Distrito Sanitário Indígena (Pólo de Tocantínia e de Santa Fé do Araguaia).

Sobre o programa

O programa Mais Médicos foi lançado em 8 de julho com o objetivo, segundo o governo federal, de acelerar os investimentos em infraestrutura nos hospitais e unidades de saúde e ampliar o número de médicos nas regiões carentes do país.
Os profissionais do programa recebem bolsa de R$ 10 mil por mês e ajuda de custo pagos pelo Ministério da Saúde. Os municípios ficam responsáveis por garantir alimentação e moradia aos selecionados. Como definido desde o lançamento, os brasileiros têm prioridade no preenchimento dos postos apontados e as vagas remanescentes são oferecidas aos estrangeiros.

Estão atuando no Tocantins, por meio do programa Mais Médicos, 41 profissionais. Destes, 30 são cubanos e 11 são brasileiros. Eles estão distribuídos em 21 municípios: -  Arraias,  Buriti Do Tocantins, Carrasco Bonito, Caseara,  Esperantina,  Ponte Alta Do Bom Jesus,  Goiatins, Maurilandia Do Tocantins,  Sampaio, Santa Maria Do Tocantins, São Félix,  Palmas,  Araguaína, Araguatins,  Riachinho, Parana,  Lizarda,  Tocantinia, Recursolandia, Monte Santo Do Tocantins, Filadelfia e Distrito Sanitário Indígena. (Ascom Sesau)