Polí­tica

Foto: Divulgação

O prefeito da capital, Carlos Amastha (PP) desabafou nesta quinta-feira, 5, sobre críticas e pronunciamentos de alguns adversários à sua gestão. Sem citar nomes o gestor pediu para que os adversários parem de atrapalhar e voltou a afirmar que a velha política do Tocantins ainda não mudou.  “Ate agora não mudou a velha política.Ainda tem gente que não entendeu.Vamos concorrer para ver quem faz mais por Palmas.Parem de atrapalhar”, frisou.

O gestor comentou ainda sobre seus planos para 2014 e disse que o Estado merece um futuro melhor.  “Meu maior sonho...Participar ativamente de uma campanha que faça uma grande limpeza na política Tocantinense.Merecemos um futuro melhor”, disse.

A gestão de Amastha tem sido alvo de várias críticas e denúncias por parte de alguns vereadores. A mais recente foi com relação à quantidade e qualidade das ambulâncias do Samu da capital. O vereador da oposição, Iratã Abreu (PSD) chegou a dizer que renuncia a seu mandato se a prefeitura tiver de fato as nove ambulâncias do Samu.

Em resposta o líder do governo, Valdemar Junior  pediu à prefeitura que fizesse a exposição das novas ambulâncias que o município tem para fazer o atendimento do Samu. Valdemar também chegou a dizer que renunciaria caso não tivesse as nove ambulâncias.