Polí­tica

Foto: Divulgação

O corpo do senador João Ribeiro está sendo velado no hall do Palácio Araguaia desde a madrugada desta quinta-feira, 19. Entre familiares, amigos e políticos o clima no centro do Poder Executivo do Estado é de comoção. O senador lutava a mais de um ano contra uma síndrome mielodisplásica. A ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, que veio ao Tocantins representando a presidente Dilma Rousseff, chegou acompanhada pelo Governador Siqueira Campos para as últimas homenagens a João Ribeiro.

 O Governador Siqueira Campos decretou luto de três dias no Estado pelo falecimento do senador. No decreto, Siqueira destaca o trabalho de João Ribeiro à frente do Senado, como representante do Tocantins. “O passamento do grande líder deixa enorme lacuna na vida política, econômica e social do país, particularmente do Estado do Tocantins, em função de sua trajetória de homem público e empreendedor arrojado e de sua conduta irrepreensível de político, administrador e cidadão exemplar", considerou.

 Durante o velório, o secretário de Estado das Relações Institucionais, Eduardo Siqueira Campos, afirmou que João Ribeiro deixa um espaço vazio no Tocantins. “Um líder que veio das camadas mais humildes e que teve a oportunidade de passar por todas as etapas da vida pública. O ser humano João Ribeiro, de um coração imenso. Cabe neste momento prestar nossa homenagem à família e preservar sua imagem e seu trabalho pelo Tocantins”, disse.

 Representando a presidente da República, a ministra Ideli Salvatti trouxe uma mensagem do Palácio do Planalto. “Para nós, tanto da parte da presidente Dilma, quanto da parte do (ex) presidente Lula, a perda do senador é algo que nos afeta muito. Ele sempre foi alguém que sempre contribuiu com parceria dentro do Senado. Estamos aqui em nome da presidente Dilma Rousseff que pediu para emitir a toda a família o nosso voto de solidariedade irrestrita”, frisou.

 Cortejo e missa

O corpo do senador, falecido no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, chegou a Palmas por volta das 2h da madrugada desta quinta-feira e foi levado, em cortejo, até o Palácio Araguaia, onde está sendo velado. Uma missa de corpo presente deve ser realizada ainda nesta manhã pelo arcebispo da capital, dom Pedro Brito Guimarães. O sepultamento está previsto para esta quinta, às 17 horas, em Palmas.

 Presenças

Líderes políticos e representantes dos demais Poderes Constitucionais do Estado compareceram ao velório do senador. Entre eles, o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Vagner Praxedes, a procuradora geral do Estado, Vera Nilva Amaral, a presidente do Tribunal de Justiça, Ângela Prudente e o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) seccional Tocantins, Epitácio Brandão. Além deles, compareceram os ex-governadores Moisés Avelino e Carlos Henrique Amorim, além do senador Vicentinho Alves e deputados federais e estaduais. Os prefeitos de Palmas, Carlos Amastha e de Gurupi, Laurez Moreira, também estiveram presentes na solenidade.  

Por: Redação

Tags: João Ribeiro