Esporte

Endividamento, falta de apoio do poder público e estádios precários são alguns dos problemas enfrentados por clubes da primeira divisão do futebol tocantinense.

Ao observar o estatuto do torcedor, fica claro que nenhum dos estádios tocantinenses está em condições para receber o público no campeonato 2014. Problemas como banheiros inadequados, instalações depredadas, falta de cabines para a imprensa e até mesmo falta de água potável tornam esses estádios inadequados e sujeitos a intervenção por parte do Corpo de Bombeiros ou do Ministério Público.

Com o Objetivo de buscar soluções para esses problemas o empresário e desportista Osvaldo Durães e o prefeito de Porto nacional Otoniel Andrade, realizarão no próximo dia 23 de janeiro, a partir das 12 horas, em Porto nacional, um almoço com a presença dos presidentes dos clubes tocantinenses de primeira divisão: Cabo Dias do Interporto; Wilson Castilho do Gurupí; João Luiz do Araguaína; Salim Milhomem do Tocantinópolis; Rainel Barbosa do Tocantins; Willian Borges de Carvalho do Colinas Esporte Clube e Airton Elvio Shefller do Guaraí.

Para debater os problemas citados e buscar soluções deverão estar presentes o presidente da Federação Tocantinense de Futebol Leomar Quintanilha e os deputados estaduais José Bonifácio e Toinho Andrade.

Para Osvaldo Durães é de fundamental importância que o poder público possa cumprir o seu papel de promotor da ordem e do desenvolvimento, investindo no esporte que além de entreter milhares de cidadãos, gera empregos e distribui renda. “É preciso dar condições para que jogadores e torcedores possam participar com segurança do campeonato Estadual  de futebol, declara Osvaldo.