Polí­tica

Foto: Divulgação

Paralelo a movimentação do deputado federal Junior Coimbra e seu grupo o ex-governador Marcelo Miranda também vai rodar os municípios junto com a senadora Katia Abreu. Em entrevista ao Conexão Tocantins nesta quinta-feira, 30, Marcelo avaliou que vê as movimentação do colega como algo natural. “ Quando ele comunicou que seria pré-candidato disse a ele que isso é natural e democrático”, disse.

Marcelo frisou que pretende andar nos municípios até o mês de junho e fará também encontros regionalizados. “Minha meta é andar o Estado vamos levar a mensagem não só aos companheiros do PMDB mas também de outros partidos”, disse. Ele frisou que os companheiros que o acompanharão são por vontade própria. “ Não vamos cooptar ninguém. O queremos é mostrar a viabilidade de nossa candidatura”, acrescentou.

Para Marcelo mesmo com as duas candidaturas o clima não é de disputa no partido. “Vamos chegar juntos em junho para também sentar na mesa com outros partidos e discutir um projeto alternativo.Entendo que já tenho histórico e os 139 município nos conhece. Vamos andar e apresentar um projeto novo”, afirmou.

Oposição unida

Marcelo trabalha para que os partidos da oposição estejam juntos. Ele contou que conversou com o pré-candidato do PT, Nicolau Esteves, o do PP, Roberto Pires  e ainda com o presidente e também pré-candidato do PROS, senador Ataídes Oliveira para manter a aproximação entre as legendas e tentar evitar o tão cogitado racha na oposição. “ Nosso desejo é que a oposição esteja unida e consistente para que possamos tentar dirimir algumas questões localizadas que existam”, opinou.