Esporte

Foto: Divulgação Secretário, Durães e Prefeito Fábio fecharam parceria Secretário, Durães e Prefeito Fábio fecharam parceria

O ex-jogador da Seleção Brasileira de Futebol e ídolo do Clube Atlético Mineiro e outras agremiações futebolísticas do Brasil, Dadá Maravilha, estará em Palmeirópolis, a 458 Km de Palmas, no dia 23 de fevereiro. Dada fará uma participação no tradicional Campeonato Municipal de Futebol de campo na cidade que movimenta vários municípios no entorno. O campeonato será lançado dia 22 e terá 10 equipes dos municípios de Jaú do Tocantins, São Valério e Paranã.

A participação de Dadá é fruto de uma parceria entra a Prefeitura da cidade e o empresário e desportista Osvaldo Durães que lançará também no evento a Campanha de Combate ás Drogas e Não à Violência. Durães está expandindo nos municípios a campanha de conscientização no esporte e Dadá na oportunidade falará sobre sua trajetória de sucesso bem como o objetivo da campanha. O ex-jogador vai fazer um depoimento onde fala sobre a importância do esporte em sua vida e a transformação que o futebol provocou na sua história.

Durães se encontrou com o prefeito de Palmeirópolis, Fábio Pereira Vaz e com o secretário de Esporte da Cidade, Vagner Telles  nesta quinta-feira, 14, e na oportunidade ligou para Dadá que por telefone e em conversa com os líderes da cidade confirmou a presença no evento. “ Será uma honra receber um grande nome do Esporte como esse na nossa Palmeirópolis. O Dadá é um dos principais nomes do Brasil tem uma trajetória brilhante e Palmeirópolis vai recebê-lo de braços abertos”, frisou o prefeito que agradeceu Durães pela parceria.

O secretário Telles citou que o campeonato é um dos mais conhecidos na região e que a presença de Dadá com certeza vai mobilizar vários fãs, assim como jovens e adolescentes que se espelham nele.

Satisfeito com a  parceria, o desportista Osvaldo Durães, que já trouxe Dadá várias vezes ao Tocantins em outros eventos, salientou o papel do esporte na sociedade. “No esporte se a pessoa não sair um atleta sai um bom cidadão porque o esporte ensina a ganhar e perder além disso é uma ferramenta infalível no combate às drogas e violências. Como desportista há vários anos quero levar em vários cantos do Tocantins a mensagem de conscientização para que as escolinhas, os atletas e o poder público da cidade se envolvam e juntos promovam projetos que com certeza vão gerar impacto social positivo”, frisou.