Polí­tica

O período de pré-candidaturas já começou no Tocantins e os partidos e grupos políticos começaram a visitar os municípios em busca do contato com lideranças, prefeitos e vereadores. Além das visitas, que já são rotina na vida política, as chamadas Caravanas começam a mirar as cidades do Estado. Estão previstas pelo menos seis caravanas.

A primeira a ser lançada ainda ano passado foi a do Partido dos Trabalhadores intitulada de “Caravana Popular – Encontros pelo Tocantins” que já percorreu vários municípios buscando colher ideias e sugestões da população para construção de um plano de governo. Na caravana do partido vão pré-candidatos das proporcionais, o pré-candidato a Governo da legenda, Nicolau Esteves, além dos dois deputados estaduais do partido, Amália Santana e José Roberto Forzani.

A Caravana do PT chegou a visitar 10 municípios por região num único final de semana com a  intenção de promover um amplo debate com a comunidade, ouvindo de cada participante da reunião suas opiniões sobre as necessidades vividas pelos moradores do município, as carências da cidade e discutir propostas para a solução desses problemas, segundo informou o PT. A Caravana  percorreu mais de  36 cidades de Norte a Sul do Estado, e ouviu mais de 2 mil pessoas.

Além da Caravana do PT o grupo do PV, partido presidido pelo deputado estadual e pré-candidato ao governo, Marcelo Lelis também tem o “PV na Estrada” que viaja pelos municípios também com a intenção de visitar as cidades e ouvir as lideranças. O PV na estrada visa a divulgação de um Plano de Governo já em fase de elaboração para o Estado em 2014, além da filiação de novos membros para o partido. Além de Lelis o deputado estadual do partido Freire Junior também participa além de outros nomes da legenda.

PMDB

Este ano começou há duas semanas a Caravana do PMDB liderada pelo deputado federal e pré-candidato ao Governo, Junior Coimbra junto com o ex-governador Junior Coimbra. A intenção é expandir o nome de Coimbra e Gaguim principalmente entre os membros do PMDB. A estratégia de ir nos municípios visa aumentar a visibilidade do grupo que é oposto ao do ex-governador Marcelo Miranda e à senadora Katia Abreu. Coimbra promete rodar todos os municípios do Estado em 90 dias.

Se a Caravana de Coimbra e Gaguim já esta na estrada em breve começará também a do grupo de Marcelo que também vai começar a mobilizar os municípios. Segundo Marcelo Miranda afirmou ao Conexão Tocantins a intenção é visitar os companheiros e lideranças. Pré-candidatos também vão acompanhar o grupo.

PROS e terceira via

Da oposição o Pros comandado por Ataídes Oliveira também já anunciou que começa com uma caravana nos próximos dias.  O partido trabalha o nome de Ataídes para governo e acompanharão a visita nos municípios os deputados estaduais Eli Borges e Sargento Aragão além do vereador de Palmas, Junior Geo e ainda outros nomes da sigla.

Quem também prepara uma caravana com líderes dos partidos que compõem o grupo é a terceira via composta pelo PP, PT, PSL e PCdoB. Os partidos querem fazer uma ação conjunta para levar a proposta de mudança para os municípios.

Recomendação

A procuradoria Regional Eleitoral recomenda que durante a realização de caravanas, carreatas, passeatas e outros eventos públicos, os partidos não realizem propaganda eleitoral antecipada das eleições , o que pode caracterizar ilícito eleitoral sujeito às penas previstas no parágrafo 3º do artigo 36 da Lei nº 9.504/97. As reuniões das Caravanas para tratar de plano de governo ou encontros partidários devem acontecer em ambientes fechados.

Propaganda eleitoral só é permitida após o dia seis de julho. “Entende-se como ato de propaganda eleitoral aquele que leva ao conhecimento geral, ainda que de forma dissimulada, a candidatura, mesmo que apenas postulada, a ação política que se pretende desenvolver ou razões que induzem a concluir que o beneficiário é o mais apto ao exercício da função pública”, definiu o TSE.