Empregos e Serviços

Foto: Divulgação

A Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), abriu processo seletivo para cadastro reserva de professores que irão trabalhar com cursos oferecidos pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

São 1085 vagas para 20 municípios, em cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC); e Cursos Técnicos, voltados para os eixos de Recursos Naturais, Ambiente e Saúde, Gestão e Negócios, Desenvolvimento Educacional e Social, Segurança, Turismo, Hospitalidade e Lazer, Informação e Comunicação. Os interessados precisam ter formação em nível superior ou nível técnico compatível com área de conhecimento do curso.

 As inscrições podem ser efetuadas a partir desta terça-feira, 18, até o dia 24 de fevereiro, somente pelos Correios. O candidato deve acessar o site da Sedecti - sedecti.to.gov.br - e imprimir o formulário de inscrição, além do Plano de Ensino, enviar junto com o currículo e toda a documentação comprobatória para o endereço da Sedecti, disponível no Edital. 

O processo seletivo será feito através da análise de documentação e currículo dos candidatos. Os professores serão selecionados para o cadastro de reserva e, quando convocados, poderão receber bolsas que variam de R$ 34 a R a hora/aula, pagos com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Segundo a diretora de Formação Profissional da Sedecti, Maria da Penha Barbosa, “os cursos iniciarão no final de abril, com 3.000 mil vagas para os alunos matriculados no Ensino Médio e pessoas beneficiadas com Seguro Desemprego”.

O resultado final do processo seletivo deve ser divulgado no dia 28 de março. Os professores selecionados deverão ser convocados de acordo com a formação das turmas.

Programa

O Pronatec tem como objetivo expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos de educação profissional técnica de nível médio e de cursos de formação inicial e continuada para inserir o cidadão ao mercado de trabalho, ampliando oportunidades educacionais.

 Somente na Sedecti 16 cursos de educação profissional de nível técnico e 35 cursos de formação inicial e continuada são oferecidos. Para 2014 estão previstos a oferta de cerca de 20 mil vagas serão disponibilizadas em todas as regiões do Estado, num investimento de cerca de R$ 63 milhões. (Ascom Sedecti)