Estado

Foto: Divulgação

Técnicos e máquinas da Secretaria Estadual da Agricultura e Pecuária (Seagro), Agência de Máquinas e Transportes (Agetrans) e da Prefeitura Municipal de Lagoa da Confusão trabalharam neste último final de semana no reforço da barragem do Rio Urubu, próximo a TO-374, que liga Lagoa da Confusão a Dueré. A obra, iniciada no sábado, dia 22, e concluída no domingo, dia 23, foi de caráter preventivo para evitar rompimento e elevou a altura do aterro, existente na ombreira esquerda do rio.

Segundo o secretário executivo da Agricultura e Pecuária, Ruiter Pádua, com a grande quantidade de chuvas e pelo período das águas estar ainda pela metade, a medida se tornou imprescindível. “A barragem é responsável por represar água que abastece 15 mil hectares de área no período da seca”, comentou o secretário, argumentando que os prejuízos seriam enormes.

Atualmente, a região de Lagoa da Confusão está produzindo a safra de arroz, mas também cultiva durante a seca, outros grãos como soja e frutas como melancia. Na safra 2012/13, o município produziu em uma área de 66 mil hectares cerca de 300 mil toneladas de grãos, segundo levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).