Saúde

Foto: Divulgação

Em busca de obter melhorias na saúde, tendo como principal  fator  o cuidado com a alimentação e a prática de atividades físicas, grupo de idosos  estiveram reunidos na manhã da ultima terça-feira, 25, no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de Taquaruçu,  com profissionais da  área da Saúde e  equipe técnica do Centro.  Através de palestras educativas, o evento proporcionou aos idosos conhecimento para  prevenção de doenças  como Infarto agudo do miocárdio e algumas medidas que devem ser tomadas. 

De acordo com o enfermeiro Cidney de Souza Ribeiro,  em situações normais, o infarto agudo do miocárdio ocorre quando o sangue é bombeado pelo coração e circula, através das artérias e veias, irrigando todos os tecidos do corpo, inclusive o próprio coração. “No Infarto agudo do miocárdio, há uma interrupção ou diminuição do fluxo de sangue para o coração, levando a uma redução da quantidade de oxigênio que chega ao músculo cardíaco.  No entanto,  bons hábitos de vida, atividade física regular, controlar o diabetes, combater a pressão alta, reduzir os níveis de colesterol e triglicérides, não fumar e ser aderente ao tratamento orientado pelo médico são medidas eficazes na redução do risco de um evento cardiovascular como o infarto,” explica. 

O diretor de Proteção Básica, Valmir Inácio Pires, destacou que os idosos  nesses eventos estabelecem novas  relações e  exercem sua vida social, comunicando-se e interagindo com os demais e com pessoas de outras faixas etárias. “Esses eventos não deixam de oferecer um lugar onde os idosos praticam exercícios físicos, dançando e indo ao encontro dos benefícios para sua faixa etária. Através da equipe técnica dos  Cras, os grupos realizam o trabalho de socialização, sobretudo os idosos recebem a oportunidade de compartilhar informações, curiosidades e conhecimentos com pessoas novas,” ressaltou. 

Atividade física

O grupo de idosos do Cras de Taquaruçu participaram  de uma  atividade física denominada “Lian Gong”, Técnica corporal que une a medicina terapêutica chinesa e a cultura física, contribuindo com o equilíbrio corporal, o estímulo da respiração, músculos, tendões e ossos para a saúde do idoso. 

Serviço

O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para Idoso é um projeto socioassistencial voltado ao atendimento do público idoso, baseado na PNAS e Política Nacional do Idoso, trabalhando numa perspectiva do envelhecimento saudável, contribuindo com uma qualidade de vida mais prazerosa. 

Tem como objetivo geral proporcionar aos idosos atendidos nos 10 Centros de Cras da Capital, atividades lúdicas, de lazer, culturais, inclusão produtiva, favorecimento do fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários, bem como orientações referentes aos seus direitos relativos à carteira do idoso, BPC, entre outros. Trata-se de um projeto que procura atender prioritariamente pessoas com 60 anos ou mais, que buscam atendimento/orientações técnicas nos Cras. (Secom Palmas)