Estado

Foto: Divulgação

O Parque Nacional do Iguaçu, localizado no Paraná, é uma das mais importantes unidades de conservação do Brasil. Lá está localizada uma das mais espetaculares cataratas do mundo, as Cataratas do Iguaçu, e ainda, mais de 180 mil hectares de florestas preservadas . Com o objetivo de conhecer o Parque e o seu avançado programa de uso público, técnicas do Parque Estadual do Jalapão (PEJ) farão uma visita à unidade do dia 10 a 14 deste mês.

A gerente do PEJ, Rejane Ferreira, e a responsável pelo programa de uso público, Aline Vilarinho, foram escolhidas pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semades), para fazer a visita técnica, que será financiada com recursos do Banco Mundial por meio do Projeto GEF – Cerrado Sustentável. As duas compõem a equipe que mais se destacou, no ano de 2012, na utilização do Sistema Informatizado de Gestão de Unidades de Conservação do Tocantins, o GESTO.

Para Rejane Ferreira, a viagem ao Parque Nacional do Iguaçu é acima de tudo uma troca de experiências. “Vai ser uma visita técnica e estamos com uma grande expectativa porque o Iguaçu tem um programa de uso público muito forte. Vamos conhecer a unidade e seu funcionamento, mas também vamos apresentar como funciona o nosso trabalho aqui. Acredito que será uma excelente troca de experiências e vamos trazer novas possibilidades para a gestão no Tocantins”, adianta.

Seleção

Com 82% de pontuação, o PEJ concorreu com todas as unidades de conservação do Estado, tanto as de proteção integral, Parques e Monumento, quanto às de uso sustentável, Áreas de Proteção ambiental. Quanto aos critérios de avaliação estabelecidos para a pontuação estavam a alimentação do Gesto, a inclusão do Plano Operacional Anual e a implementação dos programas de manejo. “Foi uma grata supresa. A gente alimenta o Gesto com tudo o que a unidade desenvolve, mas é tudo muito natural. A gente se esforça bastante para alimentar a ferramenta porque consideramos importante divulgar as ações do Parque. Ficamos muito felizes com o resultado”, conclui Rejane. (Ascom Semades)