Polí­tica

Foto: Divulgação

A Câmara Municipal realizará, na próxima terça-feira, 18, uma audiência pública para discutir assuntos relacionados à segurança pública em Palmas. A solicitação foi proposta pelo vereador Joel Borges (PMDB), aprovada no dia 04 de dezembro de 2013, em único turno. A audiência é aberta a toda a população e será realizada na Câmara Municipal, com início às 19h30.

O evento deverá reunir representantes da Polícia Militar, Polícia Civil, Guarda Municipal, agentes de Trânsito, agentes da Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, secretaria estadual de Segurança Pública, Ministério Público; secretarias de Assistência Social, Cultura, Esporte, além de associações, organizações, dentre outros.

Segundo Joel Borges, a discussão do tema é “de suma importância devido ao aumento da violência em várias vertentes da sociedade”.  Para ele, é necessário que a população participe e esteja envolvida, além de “todos os órgãos da segurança pública de nossa cidade, atendendo assim ao clamor da sociedade que hoje vive um clima de medo e insegurança”.

A segurança pública de Palmas tem sido uma das principais preocupações do vereador Joel Borges, que já cobrou a implantação, mais rápido possível, da comissão Parlamentar Temporária de Acompanhamento dos Trabalhos dos Órgãos de Segurança Pública na Jurisdição da Capital, uma vez que o requerimento para a criação da mesma, solicitado ainda no início de 2013, foi aprovado em setembro passado  “Nos noticiários podemos observar, que todos os dias, estão recheados de informações sobre crimes de toda ordem, desde mortes, roubos e outros”, explicou.

Para o vereador, é necessário ter ações efetivas em Palmas, visando reduzir a criminalidade, sendo que a implantação da Comissão poderá proporcionar ao parlamento condições de criar uma agenda de trabalho conjunto para coibir o crime, através de ações preventivas e coercitivas, mediante ideias novas, que, certamente, surjam no transcurso dos trabalhos.  “A audiência pode ser o primeiro passo para a criação da Comissão”, ressaltou o vereador.