Educação

Foto: Divulgação

Em nota encaminhada ao Conexão Tocantins a Secretaria Estadual de Educação do Tocantins (SEDUC-TO) comentou a greve geral dos professores do Estado. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores da Educação mais de 22 mil servidores aderiram à paralisação.

A Seduc informa que muitas das reivindicações do Sindicato já tiveram encaminhamentos e receberam propostas do governo do Estado através da Secretaria de Estado da Administração (Secad). “Desta forma o diálogo com o Sintet continua, já que em reunião realizada em 17 de março ficou marcado um novo encontro para o próximo dia 31”, alegou a pasta.

O Sintet acusa a Seduc de não ter efetuado o pagamento do repasse financeiro para as escolas. “Os repasses financeiros deste ano para as escolas estão em dia. Todos os repasses referentes a fevereiro e março já estão disponíveis nas contas das Associações de Apoio às Unidades Escolares.  Em relação aos repasses de 2013 que estavam em atraso, a Seduc realizou este ano um levantamento das dívidas das escolas a partir do que foi informado pelas próprias unidades de ensino. A maioria das escolas recebeu integralmente no último mês de fevereiro o recurso para pagamento dessas dívidas. Os demais casos estão sendo regularizados a partir deste mês”, informou.

Várias mobilizações estão acontecendo nos municípios. A greve é por tempo indeterminado.