Polí­tica

Projeto de Lei (PL) em tramitação da deputada estadual, Solange Duailibe (SDD), torna obrigatória a coleta seletiva e armazenamento adequado das sucatas de oficinas mecânicas, lixo eletrônico e dos rejeitos das empresas químicas e metalúrgicas do Estado do Tocantins.

De acordo com Solange Duailibe, a intenção é ordenar e dar aproveitamento ao lixo inorgânico gerado pelas oficinas mecânicas, casas comerciais de pilhas, baterias de aparelhos eletroeletrônicos, lâmpadas e rejeitos de empresas químicas e metalúrgicas.

“É preciso evitar que esses rejeitos continuem a ser armazenados a céu aberto em plenos centros comerciais ou residenciais do Estado, ou misturado com o lixo orgânico”, argumentou a deputada.

Segundo Solange, o reaproveitamento da sucata ou dos dejetos químicos é possível através de modernos processos de transformação industrial. “A reciclagem desses produtos, além de gerar riqueza e trabalho, contribui para o equilíbrio ambiental”, conclui a parlamentar.