Economia

Foto: Divulgação

É costume nesta época do ano, em virtude da Páscoa, que o consumo de pescado aumente, juntando a isso o aparecimento dos deliciosos ovos de chocolate. De forma habitual, o Departamento Pró Direitos e Deveres nas Relações de Consumo - Procon Tocantins, ligado à Secretaria de Defesa Social, por meio da sua Coordenadoria de Fiscalização, divulga o resultado de pesquisa de preço, anunciado com pagamento a vista, de produtos de uso corriqueiro no período pascal.

 A pesquisa de pescado, realizada em sete estabelecimentos comerciais da capital do Estado, mostra uma variação de 26,39% no quilo do bacalhau do porto, com maior preço encontrado de R,98 e menor de R,90. A sardinha enlatada, com 125g, foi encontrada com menor preço de R,49 e maior preço de R,09, resultando numa variação de 19,42%.

 Os tradicionais ovos de chocolate também tiveram seus preços pesquisados pelo órgão de defesa do consumidor, nos mesmos locais que o pescado. De marcas variadas, a unidade de 35g teve seu menor preço registrado de R,89 e o maior de R$ 12,98, com uma variação de 77,73%. Já a unidade de 1kg pôde ser encontrada de R,50 a R,99, uma variação de 58,42%.  

 Segundo o coordenador de Fiscalização do Procon Tocantins, Francisco Rezende, em relação aos preços registrado em 2013, em semelhante pesquisa, constatou-se que os preços dos pescados neste ano, sofreram um aumento de aproximadamente 10%. Por sua vez, os preços dos ovos de chocolate tiveram uma média de aumento de 28% em relação ao ano passado.

 Mais informações estão disponíveis no site www.procon.to.gov.br e a pesquisa detalhada pode ser adquirida no prédio da Diretoria Geral do Procon, em Palmas, na quadra 104 Sul, rua SE 09, Lt 36 – Plano Diretor Sul. (Secretaria de Defesa Social)