Polí­tica

Foto: Divulgação

Depois de ser apresentado em Palmas e criado o Comitê Universitário na UFT – Universidade Federal do Tocantins, o Certo – Comitê de Estudos para Reorganização do Tocantins começou por Gurupi, a instalação dos comitês nos municípios. Organizado por representantes da comunidade gurupiense, o evento foi marcado pela presença e participação do público formado por representantes de diversos setores da sociedade civil organizada como empresários, professores, servidores públicos, políticos, profissionais liberais e estudantes que receberam o Certo como uma nova e animadora perspectiva de desenvolvimento do Tocantins.

 Um dos primeiros problemas apontados foi o fato de Gurupi, sendo o terceiro maior município do estado, passar por um momento de estagnação em setores como economia, educação e saúde e a falta de políticas públicas para os jovens. Um dos idealizadores do Certo, o ex-deputado federal e ex-prefeito de Porto Nacional Paulo Mourão citou o grande contingente de jovens com idade entre 18 e 24 anos que, ao concluir o ensino médio, não têm condições de cursar uma faculdade e, portanto, não conseguem uma vaga no mercado de trabalho.

Para a vice presidente do Conselho Municipal de Ação Sobre Drogas, professora Ana Márcia,  este é um problema que se agrava ainda mais porque, “se as políticas públicas não alcançam esses jovens, o tráfico os alcança. E o que vejo é eles chegando cada vez mais jovens a um presídio com superlotação”, afirmou a professora, que também presta assistência no presídio de Cariri. Já o médico Yuri Silveira, um dos organizadores do evento, citou a falta de estrutura na saúde pública, como a anunciada e nunca começada construção do hospital de Gurupi .

Questionamento importante também partiu dos alunos dos diversos cursos do Pronatec que, acompanhados da professora Cláudia Leite, queriam saber que oportunidades terão ao concluir o ensino técnico. De acordo com Paulo Mourão, as oportunidades surgirão com a viabilização do Polo Tecnológico no município.

Também participaram do evento o professor Edson Cabral, representando o ITEAP – Instituto de Tecnologia, Educação, Administração e Política, instituição que apoia o Comitê, e o ex-deputado federal Totó Cavalcante.

Porto Nacional

O Comitê de Porto Nacional será criado às 16 Horas desta sexta-feira, 4, no auditório da Câmara Municipal Municipal. Qualquer cidadão pode entrar em contato com o Certo e apresentar sugestões, demandas, opiniões e reclamações através do e-mail  certo.to@ gmail.com ou na páginawww.facebook.com/certocantins . Brevemente também estará à disposição uma página virtual  com notícias, informações e serviços à comunidade. (Ascom Certo)

Por: Redação

Tags: Ana Márcia, CERTO, Gurupi, Porto Nacional, UFT