Palmas

Foto: Divulgação

O Memorial Coluna Prestes, em Palmas, recebeu na última semana, a visita da neta de Luiz Carlos Prestes, a cientista política Ana Maria Prestes Rabelo. “A família é muito grata ao povo do Tocantins e ao governo do Estado por ter construído este importante espaço em memória de Prestes e da Coluna”, disse ela. Projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, o Memorial foi construído para homenagear o movimento tenentista de 1.922 e a marcha realizada pela Coluna Prestes, que passou pelo então Norte goiano, hoje Tocantins, entre os anos 20 e 30.

Ana Maria é filha de José Rabelo e Ermelinda Ribeiro Prestes, filha de Carlos Prestes do casamento dele com Maria Prestes. Pela primeira vez no memorial que leva o nome e homenageia o avô materno, Ana Maria disse que espaços de cultura como o Memorial precisam ser incentivados e conhecidos pela população: “Nós temos feito um grande esforço de divulgação destes espaços, para que mais pessoas conheçam, para que seja bem visitado, porque acreditamos que é preciso resgatar essa história e o povo brasileiro precisa conhecê-la, e essa é uma forma e um espaço muito importante que contribui para isso”.

A neta de Prestes visitou o Memorial acompanhada de membros da União Juventude Socialista (UJS).

Memorial

O acervo do Memorial Coluna Prestes é composto por fotografias, documentos e objetos pessoais doados pela família de Prestes que rememoram a Marcha de 25 mil quilômetros feita pelo interior brasileiro. Outros objetivos relacionados à passagem da coluna Prestes pelo Tocantins também estão expostos.

Na entrada do prédio está a escultura em bronze "Cavaleiro da Luz", que representa Luiz Carlos Prestes. O espaço conta ainda com auditório. (Ascom Seduc)