Polí­tica

Foto: Divulgação

 O governador interino Sandoval Cardoso(SD) teve a candidatura homologada neste domingo, 28, na convenção do Solidariedade e esta semana vai trabalhar para conseguir ter o apoio da maioria dos parlamentares. Sandoval é o candidato da base do governo e além dos votos dos governistas disse que vai trabalhar também os da oposição. A eleição será no domingo, 4, às 10 horas da manhã conforme edital de convocação publicado pela presidência da Casa de Leis.

“A eleição já está chegando e tudo que vem sendo conversado parece estar bem adiantado com relação a meu nome pelo grupo do governo. A bancada do governo é maior do que o necessário para os votos que preciso para eleição”, considerou portanto sem estimar quantos votos considera ter garantidos. O voto será aberto.

Além do nome dos deputados da base do governo, Sandoval já ganhou o apoio dos dois do PR: Luana Ribeiro e José Bonifácio. A base do governo atualmente tem 13 deputados mas há ainda Toinho Andrade do PSD que sempre vota com o governo.

Sandoval e seu grupo ainda fazem mistério com relação ao nome que pretendem lançar como vice. Ele disse que a demora é porque o nome vem sendo discutido em grupo e pode com certeza ser um deputado da base. O nome que já foi cogitado foi o do presidente regional do PPS, deputado Eduardo do Dertins.

Questionado pelo Conexão Tocantins se poderá ser candidato em outubro caso vença nas indiretas, Sandoval foi cauteloso e disse que isso depende primeiro do resultado da indireta.

Oposição

Vários nomes já foram homologados pelos partidos para disputar a eleição indireta mas até a manhã desta segunda-feira, 28, segundo informou a Assembleia Legislativa ao Conexão Tocantins nenhuma chapa foi registrada na Casa de Leis. Além de Sandoval pelo SD, o PT já homologou o nome de Paulo Mourão, o PV também já referendou o nome de Marcelo Lelis, O PSDC escolheu o professor Adail Carvalho, o PMN indicou Nuir Junior.

O Psol homologou o nome de Fábio Ribeiro para a disputa e o PPL indicou Isabela Suarte. O Pros deve indicar o nome nesta segunda-feira, o PMDB escolherá o representante na terça-feira assim como o PCdoB.