Polí­tica

Foto: Gustano Lima

Estudantes que desejam participar do programa Jovem Parlamentar Brasileiro têm até o próximo dia 23 para se inscrever na seleção. Ao todo, 78 alunos de escolas brasileiras vão ser escolhidos para apresentar propostas de projetos de lei na Câmara Federal, em Brasília (DF). Os selecionados vivenciarão por cinco dias o cotidiano dos deputados federais.

Os interessados em participar do programa devem preencher a ficha de inscrição na própria escola e enviar para a Coordenação Estadual do Programa Jovem Embaixador, o projeto de lei elaborado. Também devem ser enviadas a cópia da Carteira de Identidade e declaração de matrícula no ensino médio ou técnico.

O tema a ser abordado na proposta de projeto de lei é livre e podem participar estudantes com idade entre 16 e 22 anos, que estejam matriculados em escolas públicas ou privadas, cursando 2º ou 3º ano do ensino médio ou o 2º, 3º ou 4º ano do ensino técnico.

A iniciativa do programa é da Câmara dos Deputados em parceria com o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed). Para a secretária de Estado da Educação e Cultura, Adriana Aguiar, que é vice-presidente do Consed/Região Norte, o projeto é uma oportunidade para os estudantes tocantinenses exercerem a cidadania e apresentarem ideias que podem colaborar com a sociedade. “Muitos estudantes já participam de projetos nas nossas escolas que podem ser aprimorados para a aplicação em todo o País”, disse a secretária.

O programa

Com o slogan “Você tem o perfil para mudar o País”, a 11ª edição do programa Jovem Parlamentar Brasileiro será realizada no período de 21 a 26 de setembro, nos plenários da Câmara Federal, em Brasília.

O programa é realizado todos os anos, desde 2004, e já contemplou 768 estudantes. Dos projetos apresentados na Casa de Leis, quatro foram transformados em Projetos de Lei pela Câmara dos Deputados.

Mais informações estão disponíveis no site www2.camara.leg.br ou pela fanpage do programa (www.facebook.com/parlamento.jovembrasileiro). (Ascom Seduc)