Polí­tica

O deputado estadual Marcelo Lelis (PV) falou depois do candidato José Augusto Pugliese (PMDB) na eleição indireta para governador do Tocantins na Assembleia Legislativa e citou os principais problemas do Estado como na área da Saúde e em vários setores. “As renuncias como foram e na hora que foram mancharam a página da história política do Estado, como legítimo representante defendo uma candidatura contra tudo isso, contra a instabilidade política e administrativa que se não é ilegal é imoral”, disse. Para o parlamentar, o povo se sente desrespeitado. 

Nuir Junior do PMN começou a falar após Lelis. “Estou triste porque aquele que seria o melhor governo do Estado não consegui nem chegar ao final deixando milhares de tocantinenses desassistidos. O governo avançou muito pouco. A saúde continua com os mesmos problemas que tínhamos há 20 anos atrás. Falta tudo”, disse Nuir.

Nuir criticou a estrutura provisória construída pelo governo no Hospital Geral de Palmas. “`Parece mais um galinheiro, um campo de batalha porque o dinheiro que foi aplicado ali dava para construir um hospital”, frisou. Segundo ele o Tocantins está sendo um parasita e vivendo só de ICMS. O candidato fez também várias críticas diretas aos deputados estaduais. “Aqui represento os milhares que foram abandonados por esse governo e por esse parlamento”, disse.

Por: Maria José Cotrin

Tags: Assembleia Legislativa, Eleição Indireta, Marcelo Lelis