Cursos & Concursos

Foto: Manoel Lima

As aulas do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) tiveram início nesta segunda-feira, 5, na rede estadual de ensino. Os cursos são oferecidos nos contra turnos das aulas regulares, nas próprias unidades escolares. No Tocantins, o programa é desenvolvido pelas Secretarias de Estado da Educação e Cultura (Seduc) e de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti).

Entre as turmas abertas, estão sendo ofertadas aulas de Informática, Inglês, para formação de Recepcionista, Vendedor, Auxiliar Administrativo e cursos sobre agronegócios. Cada aluno, ao se matricular, recebe uma bolsa-formação no valor de R$ 2 por hora-aula para ajudar nas despesas de deslocamento e alimentação, além de um kit formado por camiseta, bolsa, caderno, caneta, lápis, borracha e régua.

De acordo com a coordenadora de Educação Profissional da Seduc, Sandra Neves, o programa segue a filosofia do sistema de ensino praticado nas escolas de tempo integral e promove a permanência do aluno por mais tempo no ambiente escolar, aproveitando melhor o tempo com novos conhecimentos. “O grande ganho do Pronatec é oferecer facilidade de inserção do nosso aluno do ensino médio no mercado de trabalho, através da formação técnica básica que o programa oferece”, ressaltou.

Para a professora Lorena Kabrini, os cursos oferecidos em sala de aula contribuem para a formação dos estudantes e abrem portas para o futuro profissional destes alunos. “Nosso objetivo é inserir os alunos do curso no mercado, com qualificação necessária. Nós trabalhamos as habilidades comportamentais e as rotinas administrativas”, explica.

Estudantes capacitados

Na Escola Estadual Criança Esperança, em Palmas, foram abertas turmas de Inglês básico, Auxiliar de Recursos Humanos e Auxiliar Administrativo. De acordo com a estudante Apoliana Santos Bezerra, ela viu no Pronatec uma oportunidade de se familiarizar com a profissão. “Eu quero ter uma noção do que eu vou fazer no futuro. Quando eu vi, na escola, que ia ter o curso, não quis perder a oportunidade”, conta.

Já o Francisco Sena, chegou à turma de inglês básico através do Sistema Nacional de Empregos (Sine). “Eu fui dar entrada no seguro desemprego, e lá fui informado desse curso. Vai ser uma experiência a mais, para mim e para o meu currículo”, afirma.

Pronatec

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) foi criado pelo Governo Federal, em 2011, com o objetivo de ampliar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica. Pelo programa, são oferecidos cursos gratuitos nas escolas públicas federais, estaduais e municipais, nas unidades de ensino do Senai, Senac, Senar e Senat, em instituições privadas de ensino superior e de educação profissional técnica de nível  médio.

São três os tipos de cursos oferecidos pelo Pronatec: Técnico para quem concluiu o ensino médio, com duração mínima de um ano; Técnico para quem está matriculado no ensino médio, com duração mínima de um ano; e Formação Inicial e Continuada ou Qualificação Profissional, para trabalhadores, estudantes de ensino médio e beneficiários de programas federais de transferência de renda, com duração mínima de dois meses.