Esporte

Foto: lucas nascimento

Estudantes da rede estadual de ensino participam da temporada 2014 do Circuito Banco do Brasil de Vôlei de Praia Sub-21, realizado em Palmas, na Praia da Graciosa. O Tocantins é representado por oito atletas na competição, sendo um deles estudante da  rede estadual de ensino.

Gabriel da Mota Santos é aluno do 3º ano do ensino médio do Colégio Estadual São José, em Palmas. Esta é a 12ª competição profissional que ele participa. “Tenho uma expectativa muito positiva para essa competição. Estou jogando em casa e levo vantagem por ter meus amigos e familiares aqui perto, torcendo por mim”, afirmou.

Ainda segundo ele, que treina vôlei na própria escola, para garantir a vaga é preciso estar em dia com os compromissos escolares. “Eu já sei que só posso participar dos jogos se tiver nota boa. Então tenho que me dedicar nas quadras, mas também na sala de aula. Isso é um estímulo pra gente na escola”, ressaltou.

Outros 15 estudantes do Colégio Estadual São José atuam na competição como boleiros voluntários. É o segundo ano deles na equipe de apoio do Circuito. “A gente aprende muito e conhece pessoas importantes. Nessa competição tem atletas e treinadores de todos os estados brasileiros”, contou o estudante Victor Martins, que estuda no 1º ano do ensino médio.

“Vale a pena conferir, acompanhar. Alguns dos melhores atletas estão aqui. Então não é esforço trabalhar como voluntário, é prazeroso e bom pra gente”, acrescentou o estudante Caio Rio Branco

Troca de experiências

Para a professora de educação física, Marilza Teixeira, que coordena o trabalho dos alunos, esta é uma oportunidade de interação com o esporte e incentivo aos alunos atletas. “Além de estarem vivenciando como funciona um evento desse porte, conhecendo a dinâmica dos jogos, eles têm a chance de observar os jogadores profissionais atuando, o que pode melhorar a habilidade deles em campo”, ressaltou.

Flávio Gabino é um dos alunos que buscam aprender com os profissionais. Ele joga vôlei na escola e sempre que tem oportunidade troca experiência com os outros atletas. “É legal ver a garra e a força de vontade deles. Ano passado tive a chance de disputar uma partida com eles também. Não valia para a competição, mas serviu pra aumentar a minha qualidade técnica”, afirmou o estudante do 1º ano.

Sobre o circuito

A etapa de Palmas é a primeira de cinco previstas para o ano. Conforme a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e a Federação Tocantinense de Vôlei (FTV), participam dos jogos 55 duplas, dos 27 estados brasileiros. Todas as partidas são realizadas em quatro quadras oficiais, com 102 jogos programados. No local também existe arquibancada coberta para proteger o público do sol forte. Na capital, os  jogos seguem até domingo, 11. (Ascom/Seduc)